Monique Medeiros teria pedido dinheiro a Jairinho para não denunciar agressões praticadas contra ela

Mensagens recuperadas no celular de Thayná Ferreira, a babá de Henry, evidenciam que Monique teria sido agredida por Jairinho dias antes da morte do menino e que ela estava pedindo dinheiro para não denunciar o vereador

A Polícia Civil do Rio de Janeiro conseguiu recuperar mensagens contidas no celular de Thayná Ferreira, a babá do menino Henry Borel, morto no dia 8 de março. Em conversa com o pai, Thayná conta que Monique Medeiros estava planejando se separar do vereador Dr. Jairinho, porque ele teria agredido-a. Esse episódio teria acontecido três dias antes da morte da criança. 

Nas mensagens, Thayná afirma que Monique já havia arrumado as malas de Jairo Souza Júnior, para que o mesmo saísse de casa. Ela afirma ainda que a mãe de Henry teria dito que Dr. Jairinho deveria continuar sustentando-a, ou ele acabaria sendo denunciado por agressão. A babá teria dito também que depois disso, pôde-se perceber uma mudança repentina no comportamento de Jairinho com Monique, uma vez que ele estaria tentando se desculpar com ela. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.