Modelo que morreu em desfile sofria de problema cardíaco, aponta laudo

O documento também comprova que o modelo não havia ingerido drogas e álcool

Um laudo do Instituto Médico Legal, divulgado nesta semana, indica que o modelo Tales Cotta, de 25 anos, que morreu no último dia 27 de abril, enquanto desfilava na passarela da 47ª São Paulo Fashion Week (SPFW), tinha problemas cardíacos.

De acordo com o exame feito pelo Instituto Médico Legal (IML), Tales tinha uma cardiopatia, que provocou um edema pulmonar, acumulando líquido nos pulmões do modelo. O documento necroscópico descartou ainda as presenças de drogas e álcool no organismo de Tales.

O laudo será levado ao 91º DP para ser anexado ao inquérito que investigativo da morte. O agente do modelo ainda precisa depor para a investigação ser concluída e enviada à Justiça. Como não há indícios de crime, o caso deve ser arquivado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.