Felipe Cardoso
Felipe Cardoso

Modelo diz ter se envolvido com cineasta Woody Allen na adolescência

Christina Engelhardt revela que encontros ocorriam no apartamento de Allen nas proximidades do Central Park 

Modelo Christina Engelhardt I Foto: Reprodução

O nome do cineasta Woody Allen foi polemizado após a modelo Christina Engelhardt revelar, nesta segunda-feira, 17, ter se envolvido com o novaiorquino aos 16 anos de idade. Mais de 40 anos se passaram até que a norte-americana decidiu quebrar o silêncio em entrevista ao programa Hollywood Reporter.

Na ocasião, ela revelou, em detalhes, como se encontrava com o cineasta e também como a relação entre eles começou. No ano de 1976, em um restaurante, ao se encontrar com Allen a modelo  deixou para ele o seu telefone anotado em um pedaço de guardanapo. Logo, o também escritor estabeleceu contato com a jovem e ambos passaram a se encontrar em seu apartamento localizado nas dependências do Central Park. Segundo informações do jornal Gaúchazh, Christina revelou em entrevista que os encontros ocorriam sempre de cortinas fechadas e que, por isso, desconhecia a vista de seu apartamento.

A modelo revelou também que o cineasta passou a convidar outras mulheres para participarem desses encontros, o que a desagradava profundamente. “Eu não queria estar lá, mas não tinha coragem de ir embora. Ir embora significaria que tudo isso estaria acabado”, disse.

Um dos mais aclamados trabalhos de Allen é o longa Manhattan, lançado no ano de 1979. O filme conta a história de Isaac, um judeu  que se envolve com uma adolescente interpretada por Mariel Hemingway, com apenas 17 anos de idade, à época. A modelo conta que chorou ao assistir o filme e chegou a comparar a narrativa com os seus piores medos, chegando a cogitar se era daquela forma que o cineasta a via. “Nós dividimos uma conexão tão forte desde o começo e aqui estava essa interpretação de mim para todos os críticos de arte verem e desconstruírem.”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.