Ministério Público denuncia ex-BBB Marcos por lesão corporal

Participante é acusado de agredir Emily, com quem teve um relacionamento na casa, por duas vezes. Caso gerou intervenção policial no programa da Rede Globo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou, na última segunda-feira (24/4), o ex-participante expulso do Big Brother Brasil (BBB), Marcos Harter, de 37 anos, por lesão corporal. Ele está sendo acusado de agredir por duas vezes, com beliscões que chegaram a causar hematomas, a também participante Emily, com quem teve um relacionamento na casa.

Além disso, o ex-participante e cirurgião plástico também fez pressão psicológica em diversas ocasiões. As repetidas violências dele contra Emily causaram intervenção da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (Deam) do Rio de Janeiro. Na época, os dois prestaram depoimento e Emily foi submetida à exame de corpo de delito, que comprovou as agressões. Ao falar à Polícia, Marcos disse que nunca teve intenção de machucá-la.

A Polícia Civil o indiciou no último dia 19. Inclusive, a Rede Globo só o expulsou depois da intensa repercussão negativa e da intervenção policial, mesmo havendo regra no programa que proíbe agressões físicas contra participantes. Agora, a Justiça é quem avalia se aceita a denúncia e abre processo contra Marcos.

Deixe um comentário