Ministério do Turismo destina R$ 5 bilhões em crédito ao setor

Com recursos liberados por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), estimativa é de que mais de 43 mil empregos diretos em atividades relacionadas ao setor sejam preservados

O Ministério do Turismo empenhou R$ 5 bilhões para o socorro do setor de turismo diante dos impactos da pandemia de Covid-19. Os recursos também devem auxiliar na preparação da retomada das atividades em todo o país.

Com o dinheiro, liberado por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), a estimativa é de que mais de 43 mil empregos diretos em atividades relacionadas ao setor sejam preservados.

“O Fungetur foi e continua sendo fundamental para garantir o funcionamento das empresas e a manutenção dos empregos no setor de turismo no nosso país. Sem dúvida, é uma conquista histórica para quem vive do turismo”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

MP 963

A oferta de uma linha de financiamento deste porte só foi possível através da liberação de um crédito extraordinário (MP 963) ao Fungetur.

Transformada na lei 14.051, de 8 de setembro de 2020, a medida autorizou R$ 5 bilhões em crédito, principalmente, para micro, pequenos e médios empreendedores que atuam no setor e que tiveram suas atividades interrompidas pela pandemia.

Dessa forma, o Ministério do Turismo liberou neste ano R$ 5,032 bilhões, considerando os recursos extraordinários da MP e mais R$ 32,3 milhões que já estavam previstos no orçamento do Fungetur para o ano de 2020.

Estes recursos podem ser usados tanto para capital de giro – dinheiro necessário para bancar o funcionamento de uma empresa – como para aquisição de bens, como máquinas e equipamentos. Podem ser usados, ainda, para a realização de obras de construção, modernização e ampliação para a retomada das atividades, além de reformas em geral em empreendimentos paralisados pela pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.