Após divulgação dos avanços recentes do imunizante, pasta demonstrou interesse em negociação

O Ministério da Saúde vai receber representantes do laboratório da Pfizer-BioNTech, nesta terça-feira, 17. As autoridades vão ouvir as proposta de negócios para a compra da vacina contra novo coronavírus. A reunião deve contar a presença do ministro Eduardo Pazuello.

A parceria biofarmacêutica, metade americana, metade alemã, obteve resultados prévios bem sucedidos e que garantiram 90% da eficácia durante a fase 3 dos estudos clínicos (em humanos), que ainda não foi concluída.

Conforme informações da CNN Brasil, fontes do Ministério da Saúde afirmaram que a pasta começou a se interessar pelo imunizante por causa dos avanços recentes.

A pasta vem mantendo diálogo com 270 empresas que estão desenvolvendo estudos, mas só fez negócios com a Universidade de Oxford e com a aliança global idealizada pela OMS (Organização Mundial da Saúde), COVAX Facility.