Ministério da Saúde inicia distribuição de teste rápidos pelo Brasil

Primeira remessa, doada pela Vale, será de 13.717 testes rápidos para o Estado de Goiás

Avião da FAB que levará testes e equipamentos para a região Nordeste / Foto: FAB

Nesta quarta-feira, 1, o Ministério da Saúde iniciou a distribuição de 500 mil testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus. Eles serão enviados para profissionais que atuam em todo país, agentes de segurança (policiais, bombeiros e guardas civis) que tenham sintomas de síndrome gripal. Este é o primeiro lote de 5 milhões de testes rápidos adquiridos pela empresa Vale e doados ao Ministério da Saúde.

Goiás irá receber, neste primeiro momento, 13.717 testes rápidos. Já os testes RT-PCR serão 2.064 recebidos pelo MS.

Primeiro, a Força Aérea Brasileira (Fab) irá levar 120,2 mil testes rápidos, juntamente com equipamentos de proteção individual (EPIs) para todos os estados da região Nordeste. A carga já saiu da Coordenação de Armazenagem e Distribuição Logística de Insumos Estratégicos para a Saúde (COADI) do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP).

Os estados pertencentes ao Sul, Sudeste e Centro-Oeste receberão os materiais por meio de voos comerciais, cargeuros ou por rodovias. Serão 204,3 mil testes enviados para a região Sudeste, 71,8 mil para o Sul e 35,5 mil para o Centro-Oeste. A região Norte irá receber 36,9 mil materiais. A previsão é que os equipamentos chegarão a todos os estados até o fim de semana.

“Os testes rápidos devem ser feitos somente após o sétimo dia do início dos sintomas. Ele serve apenas para marcar se a pessoa tem ou não o anticorpo que combate o vírus. Vai mostrar se você já teve no passado, e nesse caso está imune, ou se tem o vírus no período latente da doença”, explicou Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde.

Os outros 4,5 milhões de testes devem chegar no decorrer do mês de abil. A previsão é de 1 milhão de testes rápidos entregues por semana.

Indicações

Os testes rápidos são indicados apenas para os profissionais dos serviços de saúde e da segurança. Esse é um teste qualitativo para triagem e auxílio de diagnóstico. Ele verifica se o organismo produziu anticorpos para combater a Covid-19, por isso deve ser realizado apenas sete dias após o aparecimento de sintomas típicos da gripe, como tosse, febre congestão nasal e dificuldades para respirar.

Testes RT-PCR

O MS já distribuiu 54 mil teste de biologia molecular (RT-PCR) para os estados. Este teste identifica a Covid-19 logo no começo da doença. Ele é utilizado em casos graves internados. O objetivo é distribuir 23 milhões destes testes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.