De acordo com ministro Ricardo Barros, além de envio de novos lotes da vacina, técnicos da pasta serão deslocados para o município

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (14/3) que irá antecipar o calendário de vacinação contra o H1N1, em Trindade, devido ao número de mortes confirmadas nos últimos dias.

[relacionadas artigos=”119464″]

Além de enviar lotes novos de vacina, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse que deslocará técnicos da pasta ao município goiano para verificar a situação da gripe.

O anúncio foi feito após encontro da deputada federal por Goiás Flávia Morais (PDT) com o ministro.

“Vamos mandar uma equipe nossa, da Secretaria de Vigilância em Saúde, e se for necessário, as vacinas que forem necessárias para atender este caso. Nosso lote de vacinas já está chegando, são vacinas de uma nova cepa, diferentes, e vamos tentar ajustar para atender esta demanda.”, explicou Ricardo Barros.

Surto

Nesta quarta-feira (14), mais três casos de H1N1 foram confirmados entre os internos da Vila São Cotolengo, em Trindade. Eles estão em tratamento no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e tiveram resultado positivo para exame da doença.

A Vila São Cotolengo enfrenta um surto da gripe que já pode ter feito oito vítimas fatais. Um caso de morte já foi confirmado e os outros sete ainda estão em investigação. A unidade atende 321 internos e 51 deles já apresentaram sintomas da doença.