Ministério da Infraestrutura libera R$ 246 milhões para obras em Goiás

Ordem de serviço foi assinada nesta sexta-feira, 24, e contempla ponte sobre o Rio Araguaia, que conecta Goiás a Mato Grosso, e duplicação de travessia urbana em Formosa

Obra liga Goiás a Mato Grosso pelo Rio Araguaia | Foto: DNIT

Nesta sexta-feira, 24, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou ordem de serviço para a execução de obras em Goiás e Mato Grosso. Os investimentos são da ordem de R$246 milhões e contemplam a construção de ponte sobre o Rio Araguaia, que irá ligar a BR-080, entre São Miguel do Araguaia a Ribeirão Cascalheira, e a duplicação da travessia urbana de Formosa, na BR-020, que beneficia o Entorno do Distrito Federal.

Em solenidade realizada por videoconferência, o ministro elogiou a bancada goiana pelo esforço em beneficiar os estados e também a gestão do governador Ronaldo Caiado (DEM). Também participaram o deputado federal Vitor Hugo (PSL) e o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM).

Obra

A ponte que liga Goiás a Mato Grosso irá permitir a implantação de um corredor que vai integrar a BR-242 com as rodovias BR-163 e BR-158. Um corredor também será construído na BR-080 que liga os dois estados à Ferrovia Norte-Sul. A obra custará R$160 milhões. “Isso vai beneficiar uma série de pessoas do Noroeste Goiano, na região do Norte e Médio Araguaia”, avaliou o ministro.

Em Formosa, o investimento será de R$86 milhões, onde serão executadas obras de duplicação, vias marginais e quatro viadutos, além de iluminação pública. As obras beneficiarão 150 mil pessoas e 12 mil veículos que transitam diariamente pelo local. “Aquilo que era um grande ponto de estrangulamento das condições de sermos competitivos com a transferência de toda a produção da região, seja na área da agropecuária, seja na área da mineração, vossa excelência [Tarcísio] trouxe uma alternativa”, afirmou Caiado.

Outras obras

Além destas, outros investimentos do governo federal estão em andamento em Goiás, como o leilão da Ferrovia Norte-Sul, entre Porto Nacional e Estrela D’Oeste, que recebeu investimento de R$1 bilhão,com previsão de receber mais R$2,8 bilhões. O Ministério da Infraestrutura também pretende criar um Centro de Tecnologia Ferroviário em Anápolis, sob coordenação do Instituto Militar de Engenharia (IME).

Confira mais investimentos:

  • Concessão da BR-364 e BR-365, entre Jataí e Uberlândia;
  • Entrega de 8 quilômetros de duplicação da BR-050, em Catalão – em janeiro;
  • Entrega de adequação de capacidade na BR-080, em direção a Padre Bernardo – em maio;
  • Conclusão de 48 quilômetros de restauração da BR-080 – deve ser entregue em agosto;
  • Obras do anel viário de Aragarças, na BR-070 – estão em andamento;
  • Obras do anel viário de Jataí, na BR-060 – serão retomadas em agosto;
  • Duplicação de 14 quilômetros da BR-050 – deverá ser entregue em setembro;
  • Obras de recuperação de 25 quilômetros da BR-060, entre Guapó e Cezarina;
  • Restauração da BR-070, entre Itapirapuã e Aragarças;
  • Restauração de 17 quilômetros entre Águas Lindas e Cocalzinho;
  • Manutenção de pavimentação na BR-153, entre Anápolis e divisa de Goiás com Tocantins, rodovia que também já está com processo no Tribunal de Contas da União (TCU) para concessão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.