Militar mata esposa e amigo por acreditar haver um caso entre os dois

Apesar das desconfianças do agente da Aeronáutica, o amigo da mulher assassinada era casado com um homem

Um militar da Aeronáutica é acusado de matar a esposa em Cruzeiro, Distrito Federal na noite da última quarta-feira. Segundo informações preliminares Juenil Bonfim de Queiroz, de 56 anos, teria sentido ciúmes de Francisca Naidde Queiroz, de 57 anos, por suspeitas de um caso extraconjugal com Francisco de Assista Pereira da Silva, apesar de Francisco ser casado com um homem.

Vizinhos relataram à polícia que ouviram uma discussão e minutos depois barulhos de tiros e por isso acionaram uma guarnição. Quando os PMs chegaram ao local o acusado havia fugido.

Após alguns minutos de busca, Juenil foi encontrado e preso em flagrante com a pistola calibre .380 usada no crime e confessou ter efetuado os disparos.

Na Central de Flagrantes o militar foi acusado da prática de feminicídio e homicídio consumados. Por meio de nota, a Aeronáutica informou que o sargento da reserva foi encaminhado para a Ala 1, em Brasília, onde está detido e seguirá à disposição das autoridades.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.