Militar do Exército mantém esposa e filhos reféns na Zona Norte do Rio

Polícia comanda negociação para liberação de reféns que estão dentro do apartamento

Foto: Reprodução

Um tenente-coronel do Exército, identificado como André Luiz, mantém a mulher Luciana, de 45 anos, e os dois filhos gêmeos, de 11 anos, reféns desde a noite de terça-feira, 14, no edifício onde moram na Zona Norte do Rio.

Policiais militares, equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Ações com Cães (BAC), atiradores de elite e militares do Exército estão no local e isolaram o prédio para negociar a liberação das vítimas.

Durante a madrugada desta quarta-feira, 15, uma psicóloga e uma major da PM também participaram da negociação. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está no local.

Um vizinho que preferiu não se identificar disse que, horas antes da movimentação dos policiais no local, Luciana gritava por ajuda enquanto era agredida. Outra testemunha contou que, ao ouvir os gritos, moradores procuraram a portaria do prédio, que acionou a polícia.

Ameaças

Uma amiga da esposa do militar afirma que ele ameaçava a mulher há pelo menos um ano. Segundo informações de familiares, a vítima é professora de educação especial em uma escola na Zona Norte, e teria denunciado André para a Delegacia da Mulher, mas não se separou por medo. (Com informações do Jornal Extra)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.