Miguel Cançado elogia Buonaduce e critica oposição ao pré-candidato

Ex-presidente da OAB-GO, Miguel Cançado acusou oposicionistas de se manifestarem apenas na época de eleição e se omitirem nas discussões da classe

| Foto: Divulgação

Cançado: “Flávio reúne características essenciais para quem se propõe a representar uma categoria importante como a nossa”| Foto: Divulgação

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – Seção Goiás, Miguel Cançado, publicou um artigo no jornal Diário da Manhã no fim de semana em que critica a oposição a Flávio Buonaduce, candidato à presidência da Ordem. Segundo ele, as participações da oposição são “sazonais” e que eles “criticam e ironizam” o advogado sem ter participado das discussões e deliberações da OAB.

“Nenhum representante da chamada oposição foi visto nas discussões que envolvam o interesse da categoria, integrando comissões ou as procurando com o intuito de apresentar propostas que pudessem ser implementadas e beneficiar a classe”, acusou ele. Para Miguel Cançado, o movimento liderado por Leon Deniz só “aparece a cada três anos”, em época de eleições.

“Aparece a cada três anos, em período eleitoral, repetindo um discurso vazio, sem argumentos e levantando polêmica sobre fatos já esclarecidos à advocacia. Mal sabe que, ao fazer uma campanha de agressões, sem propostas, a advocacia é que é desrespeitada, e como consequência, rejeita essa oposição”, sintetizou. Para Cançado, Buonaduce tem um perfil conciliador e é o pré-candidato mais aberto ao diálogo.

E acrescentou: “Além de ser um profissional militante, professor e conhecedor do funcionamento e estrutura da OAB, onde foi presidente de comissão, secretário-geral, diretor da Escola Superior de Advocacia e conselheiro, Flávio reúne características essenciais para quem se propõe a representar uma categoria importante como a nossa”. A eleição para a presidência da OAB no triênio 2016/2018 ocorre em 27 de novembro.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.