A ex-primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, precisou receber atendimento médico nesta quinta-feira, 25, em Brasília, com suspeita de labirintite, segundo o portal Metrópoles.

De acordo com nota da assessoria, o “estado de saúde da presidente nacional do PL Mulher é estável, e ela deverá retornar para suas atividades profissionais nos próximos dias”.

Por esse motivo, Michelle Bolsonaro cancelou sua presença em um encontro do partido nesta quinta, que terá a participação de presidentes estaduais da sigla e também as presidentes do PL Mulher dos estados.