Metade dos brasileiros deixou de ir ao médico em 2020

48% dos entrevistados que deixaram de comparecer em consultas apontam o medo de se contaminar com a Covid-19 como justificativa

Foto: Reprodução

Segundo uma pesquisa feita pela empresa de saúde Famivita, em outubro de 2020, pelo menos metade dos participantes deixou de fazer exames e consultas, sendo que 48% deles apontou como motivo o medo de se infectar com o coronavírus.

“Normalmente, quem já tem alguma doença vai fazer acompanhamento com o seu médico de rotina, mas as pessoas saudáveis precisam do checkup e o que indicamos são exames de rotina como o eletrocardiograma, para verificar a função elétrica do coração”, explica o médico e diretor do Centro Médico Atual, Jairo Souto.

Para Jairo, as pessoas “saudáveis” ou sem sintomas são as que mais precisam passar pelo checkup anual justamente para identificar desequilíbrios ou doenças de forma precoce, como as doenças cardiovasculares, principal causa de morte no mundo e que 80% dos seus casos podem ser prevenidos com a mudança do estilo de vida.

No caso dos homens, ainda existem dados que apontam que sete em cada dez deles só vão ao médico por influência da mulher ou dos filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.