Mesmo com grupo pedindo apoio à candidatura de Gomide, PCdoB firma aliança com Iris Rezende

A deputada Isaura Lemos sustentou que um dos motivos que fizeram a sigla escolher o PMDB foi devido aos candidatos das chapas proporcionais. “O PT tem nomes mais fortes”, disse

Foto: Divulgação/Facebook

Foto: Divulgação/Facebook

O partido que apoiava Júnior Friboi (PMDB), que demonstrou apoio a Antônio Gomide (PT), por fim se colocou ao lado do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB).  O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) declarou apoio ao peemedebista Iris Rezende por vontade da maioria (aproximadamente 150 votos contra 22) em convenção neste domingo (29/6), na Assembleia Legislativa de Goiás. O PMDB já havia divulgado o fato na última sexta-feira (27). Além desta definição, o partido estabeleceu as candidaturas prioritárias – reeleição de Isaura Lemos e eleição de Tatiana Lemos à deputada federal – e homologou no total 20 candidatos para as chapas proporcionais. Na ocasião, o PCdoB fez menção à possibilidade de lançar um nome próprio ao Senado, devido incompatibilidade com o democrata Ronaldo Caiado.

De acordo com a presidente da sigla no Estado, Isaura Lemos, foi o projeto eleitoral do PCdoB (reeleição da candidata e sua filha, como também a eleição de mais um deputado estadual) que determinou a opção por Iris. “Foi a possibilidade de uma eleição vitoriosa”, explicou a deputada. Isaura elogiou o ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide, reafirmando a parceria entre o PT e o PCdoB. “Não tenho dúvidas de que no segundo turno estaremos juntos”, sustentou.

Durante o evento, integrantes do diretório municipal de Anápolis entraram no local erguendo faixas com as escritas: “PCdoB de Anápolis apoia a pré-candidatura ao governo de Goiás de Antônio Gomide: vai fazer por Goiás o que fez por Anápolis.” Sobre esses pedidos, a presidente Isaura Lemos explicou que a questão vem sendo debatida há algum tempo dentro da sigla e que hoje a vontade da maioria prevaleceu.

A deputada reiterou por diversas vezes que o maior anseio da sigla que preside era ver a oposição toda unida. “Lutamos muito por isso”, disse, relembrando o período em que Gomide ainda não havia saído da Prefeitura de Anápolis. Questionada sobre o motivo de achar a a coligação de Iris mais capacitada que a do ex-prefeito, a presidente disse que a chapa dos deputados do PT é mais forte do que a do PMDB. “Eu estaria disputando em condições não tão boas quanto à chapa dos partidos que estão aliado ao PMDB.” Isso porque o PMDB lançará uma chapa única de seus deputados, deixando Isaura e sua filha para concorrer com candidatos dos outros partidos da aliança, como o Solidariedade.

O presidente de Goiânia do PCdoB, o advogado Bruno Pena, afirmou admirar o ex-prefeito de Anápolis, e justificou o apoio da legenda a Iris dizendo: “Gomide tem um modelo bom, só acho que ele não conseguiu reunir os elementos suficientes para uma candidatura competitiva. Não era a hora dele se candidatar.”

O advogado afirmou que, de fato, Iris e Marconi Perillo (PSDB) não são novidade para Goiás. Entretanto, segundo Bruno, existem vários eleitores descontentes com o governo Marconi que poderão votar em Iris Rezende. “Esta não é uma eleição de novidades, mas a população descontente com o governo tucano vai ficar com o Iris”, sustentou.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Manoel

PCdoB-GO trouxe para si o germe de sua própria destruição

Ivan Bispo

Então os comunistas goianos estarão votando e apoiando Ronaldo Caiado. Será que a UJS também irá apoiar Caiado?