Mesmo com decisão judicial, prefeitura confirma realização de carnaval em Pirenópolis

Justiça proibiu o evento após reclamações de vizinhos, o que aparentemente não mudou os planos da gestão do município

Foto: Nivaldo Trindade – Click Foto/Reprodução Prefeitura de Pirenópolis

Foto: Nivaldo Trindade – Click Foto/Reprodução Prefeitura de Pirenópolis

A Prefeitura de Pirenópolis confirmou, nesta terça-feira (2/2), a realização do carnaval de marchinhas na Rua Direita, um dia após Justiça goiana proibir o evento, alegando perturbação do sossego e depredação ao patrimônio.

Em um vídeo publicado na conta oficial da gestão do município, o secretário de Turismo Sérgio Rady garante que a programação de carnaval da cidade permanece sem alterações. “Queremos confirmar a realização de carnaval de marchinhas em Pirenópolis. Este estará sim sendo realizado a todo pavor. A programação continuará em sua normalidade”, frisou.

 

Decisão do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) da última segunda-feira (1º) proibiu a realização do carnaval da Rua da Direita após reclamações de dois aposentados residentes da região. Na decisão, o juiz Sebastião José da Silva alega que o local está em uma área residencial e é habitada por muitas pessoas idosas.

Além da determinação para que a prefeitura não realize a festa, o magistrado estipulou multa de R$ 20 mil, em caso de descumprimento, autorizou o uso da força policial, se necessário, e mandou apreender os aparelhos sonoros utilizados nesta rua no período de carnaval.

Em entrevista ao Jornal Opção, a procuradora do município, Marciely Ferreira de Palma, informou que a gestão já entrou com uma medida cautelar para reverter a decisão da Justiça, o que ela acredita que deva ocorrer em breve.

“O pedido foi feito por duas pessoas em detrimento do coletivo. O carnaval na região já tem tradição na cidade, sendo realizado desde 2006. Por isso, acreditamos que essa decisão será revista”, explicou a procuradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.