Dilze Percílio destacou que será preciso tempo para empreendedores entenderem novo cenário

 A fila de desemprego deve continuar crescendo nos próximos meses e só deve tomar direção contrária meses após a reabertura total da economia. As previsões são da consultora em Recursos Humanos, Dilze Percílio, feitas durante entrevista à TBC.

Para Dilze, que é diretora de uma empresa de consultoria e seleção pessoa, a abertura das vagas deve demorar pelo menos três meses após a reabertura total da economia, com o fim da pandemia. Esse tempo, segundo a especialista, é necessário para adaptações dos empreendedores ao novo cenário

 “Porque aí o empreendedor já terá entendido como será essa nova onda de consumo. Porque não é só reabrir. Será que as pessoas vão voltar a consumir na mesma intensidade e comprando as mesmas coisas?”, destaca Dilze.