Menor de 16 anos se entrega e confessa que matou motorista de aplicativo a pedradas

Adolescente foi levado à delegacia pela própria mãe, que ouviu o filho confessar o crime a um amigo

Foto: Divulgação

*Atualizada às 16h
Diferente do que foi publicado anteriormente, o motorista não prestava serviço para Uber e sim para a 99POP 

Um menor de 16 anos se entregou à Polícia Civil e confessou ser o autor do assassinato de Kléber Chaves, motorista de um aplicativo de transporte de passageiros assassinado no último final de semana.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Aparecida de Goiânia, que informou que ainda não irá se manifestar a respeito da apreensão do menor.

Ele teria sido levada à delegacia pela mãe, que ouviu o filho confessando a um amigo que era o autor do crime. De acordo com informações preliminares, o jovem estaria sob o efeito de drogas e, como não estava armado, utilizou uma pedra pra atingir o motorista e roubar o veículo.

Depois de matar o motorista, o menor ainda teria cometido quatro assaltos utilizando o veículo roubado.

O delegado responsável pelo caso, Henrique Berocan, titular da Depai de Aparecida, confirma a confissão, mas ressalta que o caso não está concluído e que diligências ainda estão ocorrendo, inclusive, na manhã desta terça-feira (9/10).

Uma coletiva de imprensa deve ser realizada assim que o caso for, de fato, solucionado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.