Mendanha é empossado presidente honorário da Câmara de Cooperação Israel-Brasil Central

Prefeito de Aparecida de Goiânia afirma que cooperação irá somar investimentos para cidade, que ganhará muito por meio de parcerias e acordos comerciais futuros

Foto: Rodrigo Estrela

Gustavo Mendanha (MDB), prefeito de Aparecida de Goiânia foi empossado como presidente honorário da Câmara de Cooperação Israel-Brasil Central (CCOPIB), nesta quarta, 19, em solenidade chancelada por Yossi Shelley, embaixador de Israel no País. Além de Goiás, fazem parte da CCOPIB os Estados do Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

Cita-se, que esta Câmara objetiva a aproximação entre empresários brasileiros e Israel. Na ocasião, os gestores Amos Blanche e Jusciene Dias Schabbaca, também tomaram posse como presidente e vice-presidente, respectivamente. A solenidade aconteceu no auditório do Sesc, no centro de Goiânia.

Vale pontuar que a CCOPIB será sediada na Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio) e terá atuação no Centro-Oeste brasileiro com o apoio da embaixada israelense.

Satisfação

“Estou muito feliz em poder participar deste momento importante de consolidação da relação do Estado de Goiás com Israel. Me coloco como instrumento para potencializar a relação entre os dois países, tendo em vista que temos uma série de oportunidades para acordos comerciais na área do comércio, indústria, tecnologia, saúde, educação e agronegócio”, disse Mendanha.

Segundo Gustavo, esta cooperação irá somar investimentos para Aparecida, que ganhará muito por meio de parcerias e acordos comerciais futuros. O emedebista também apontou que Aparecida se tornará cidade-irmã de Berseba, município israelense, onde nasceu Yossi Shelley.

Para Shelley, inclusive, a CCOPIB “Israel e Brasil são parceiros de muito tempo e esses Estados que formam a Câmara são de importância singular para a economia brasileira. Tenho certeza que a CCOPIB alcançará um número expressivo de empresários, criando uma ampla coalizão de empresas interessadas em importar ou exportar para Israel”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.