Meirelles deve disputar Senado na chapa de Caiado

Pré-candidato diz que é próximo do governador, mas que a decisão pode ser tomada até abril de 2022

Goiano nascido em Anápolis, Henrique Meirelles é atual secretário da Fazenda de São Paulo

Próximo de Lissauer Vieira (de saída do PSB), responsável pela articulação da reunião em Goiânia na última quarta-feira, 15, e do presidente Regional da Sigla, Vilmar Rocha (PSD), Henrique Meirelles (PSD) tende a caminhar com o governador Ronaldo Caiado (Democratas) nas eleições 2022. O anapolino é pré-candidato ao Senado.

“Tenho muita relação, de muita amizade de muitos anos, com o governador Ronaldo Caiado. Foi a primeira pessoa que me convidou para voltar ao Brasil para ser candidato aqui em Goiás quando eu era presidente do Banco de Boston, em 2000, 2001. Temos uma relação de longo prazo, muito boa, mas [a definição] é algo que deve ser decidido até abril de 2022″, diz Meirelles.

Apesar da proximidade com Caiado, o atual secretário Estadual da Fazenda de São Paulo não descarta que possa ser candidato por outra chapa majoritária, como uma eventual candidatura do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PSD). Conforme publicado pelo Jornal Opção, Meirelles deve deixar o governo de João Dória (PSDB) e voltar a residir em Goiás a partir de fevereiro.

O goiano que deve disputar o Senado o ano que vem, chegou a ser eleito Deputado Federal pelo PSDB em 2020, foi o mais bem votado à época, mas deixou o cargo para ser presidente do Banco Central no governo Lula (PT). Em 2014, ele foi convidado pelo então candidato ao governo de São Paulo pelo PMDB, Paulo Skaf, para disputar o Senado Federal na chapa dele, porém, negou o pedido.

Meirelles, que tentou ser presidente do Brasil nas últimas eleições, em 2018, também foi ministro da Fazenda no governo de Michel Temer (MDB), presidente do Banco Central do Brasil (BCB), presidente internacional do BankBoston, presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), presidente do Conselho de Administração da J&F Investimentos, Conselheiro Sênior para a América Latina da Kohlberg Kravis Roberts (KKR) e, entre outros cargos de abrangência nacional e internacional, o anapolino foi Chairman do banco Lazard Americas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.