Médicos e cientistas refutam vídeo antivacina

Cientista americano Robert Malone está sendo compartilhado em grupos de WhatsApp por supostamente ter acesso a informações privilegiadas quanto ao risco de vacinas de RNA mensageiro

*Com colaboração de Gabriella Oliveira

Robert Malone não é o detentor da patente da tecnologia das vacinas da Pfizer | Foto: Reprodução

Um vídeo gravado pelo cientista americano Robert Malone se tornou popular em redes sociais e WhatsApp pelas declarações contra a segurança das vacinas infantis para Covid-19 que funciona com a técnica do RNA mensageiro. O conteúdo foi criticado como infundado e mentiroso por diversos cientistas e associações de saúde, mas grupos antivacina tornaram o vídeo popular. No Brasil, a fala de Robert Malone viralizou após autorização da aplicação da Pfizer na faixa etária entre 5 a 11 anos. 

O Jornal Opção ouviu a opinião de médicos e cientistas, que afirmaram que as declarações do cientista americano são falsas e perigosas. No vídeo, Malone diz que as crianças não vacinadas “não representam perigo para os pais ou avós”, o que contradiz os dados epidemiológicos disponíveis até o momento. Também alega que as vacinas causariam “danos reprodutivos” e “danos permanentes”, ignorando resultados dos testes de segurança, medidos em testes clínicos com milhares de voluntários que não apresentaram dano permanente algum. 

Marcelo Daher, médico infectologista, respondeu às afirmações de Robert Malone com ceticismo. “No mundo todo, mais de seis milhões de crianças já foram vacinadas com o imunizante da Pfizer e existem zero óbitos relacionados à vacina” afirmou o especialista em infecções contagiosas. “Já a Covid-19 mata e deixa sequelas. O Brasil é um dos países com maior número de mortes entre crianças”. Os números oficiais são 2.625 mortes entre crianças e adolescentes no país; o que significa quatro mortes por dia desde o começo da pandemia. 

Médico infectologista Marcelo Daher afirma que milhões já se vacinaram e reações observadas não foram preocupantes | Foto: Reprodução

Sobre a tecnologia dos imunizantes de RNA mensageiro, Marcelo Daher explica que a tecnologia produz vacinas mais seguras do que as concorrentes. “Não há incorporação do material genético no núcleo, o RNA fica apenas no citoplasma da célula. As pessoas têm medo de alterações no genoma, mas o próprio vírus Sars-CoV-2 também tem RNA mensageiro que circula no citoplasma de nossas células; então não há razões para temer mais a vacina do que o vírus”.

Marcelo Daher lembra também que uma das razões pelo qual o vídeo de Robert Malone tem sido levado à sério é o fato de que o cientista americano trabalhou no desenvolvimento de tecnologias relacionadas ao RNA mensageiro. Entretanto, ao contrário do que tem sido entendido, Robert Malone não foi desenvolvedor da tecnologia utilizada para produzir as vacinas contra a Covid-19

Como apontam diversos sites de checagem e veículos de mídia dos Estados Unidos, Robert Malone não é o “inventor das vacinas mRNA”. É fato, como aponta o site Health Feedback, que o médico colaborou para o desenvolvimento da tecnologia. Em 1989, Robert Malone escreveu um artigo em apontou ser possível transferir mRNA envolvido em um lipossomo (gordura) para células. Porém, essa transferência sempre gerou uma reação inflamatória.

Zacharias Calil, médico e cirurgião pediátrico, também atacou as alegações feitas por Robert Malone; “É claro que qualquer imunizante injetado no organismo pode provocar efeitos indesejáveis, mas a quantidade e severidade das reações observadas pelas agências sanitárias dos EUA, Canadá, Austrália, União Europeia – são 31 países que já aplicaram a vacina da Pfizer em crianças – a quantidade e severidade das reações não é preocupante”.

“Não há efeitos adversos entre as crianças que sejam muito diferentes dos observados nos adultos”, diz Zacharias Calil | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Outras alegações do cientista americano são de que as vacinas causam infertilidade e danos cardíacos, mas os estudos citados no vídeo foram feitos em camundongos, e não em seres humanos. Os efeitos colaterais cardíacos somam menos de 0,01% dos indivíduos observados e raramente resultam em complicações graves, enquanto a taxa de letalidade da Covid-19 é de 2,9%. 

“Temos muitos estudos mais recentes que provam a segurança dos imunizantes”, diz Zacharias Calil. “Eu acompanhei o trabalho da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e afirmo que o padrão de segurança é o esperado para a aplicação na população. Não há efeitos adversos entre as crianças que sejam muito diferentes dos observados nos adultos”. 

Zacharias Calil lembra que o número de infecções em crianças é subestimado, pois, os jovens têm mais contaminações assintomáticas e consequentemente não são diagnosticados com a doença. “Mas os jovens transmitem as doenças e a vacinação vai diminuir muito a transmissão comunitária ao redor dessas pessoas”, conclui Zacharias Calil.

11 respostas para “Médicos e cientistas refutam vídeo antivacina”

  1. Avatar Gunther Heinz disse:

    Nossa, tanto cientista goiano! Prêmio Nobel neles! Hahahahahahahahahaha!!!!!

  2. Avatar John disse:

    Impunidade da ditadura militar até hoje aí e nada de punição.

    • Avatar ALEXEI WELTE disse:

      Parabéns ao medico infectologista, este sim entendido,esse sim virologista, este sim que entende do que fala. Não existe pesquisa de efeitos de longo prazo em crianças o virus tem menos de dois anos, eu q não foi confiar em medicozinho pediatra formado no brasil que nunca pesquisou NADA.

  3. Avatar Cristina disse:

    Seis milhões de crianças foram vacinados? Onde está a foto dessas crianças? Estranho que haviam milhares de fotos de adultos sendo vacinados e agora? Quais país pro vacina postaram seus filhos sendo vacinados?

  4. Confio mais no dr. Robert Malone que nesses cientistas propagandias de farmacêuticas .
    Sou vacinado 3x covid19.
    Antes trabalhei todos os dias da pandemia, visitei hospitais, clínicas, laboratórios, indústrias e comércios, antes de me vacinar e graças a Deus com a ivermectina quinzenal não me cobtaminei.

  5. Avatar Herman Dutra disse:

    Boa tarde. Não sou contra vacinas, mas ao invés de bloquearem o Twitter do Dr. Robert Malone, e tentar calá-lo a força, porque não sentamos com ele em um debate e discutimos amigavelmente as suas opniões e as nossas? Porque Dr. Robert Malone tem essa opinião? A ciência 🧪 foi feita para ser debatida, discutida e estudada e não calada e amordaçada!!!! Não concordo em calar o Dr. Robert Malone como fizeram, isso não pega bem para a comunidade médica e científica. Fica sim parecendo que estamos em um regime comunista, onde outras autoridades científicas não podem ter opinião contrária. Não que ele esteja certo, mas não ouvir e debater fica ruim. Foi preciso Pitágoras questionar que a terra era redonda para que começassem os debates e descobrirem que ele tinha razão, isso é democrático! Não podemos deixar que a política decida a ciência. Sentemos em uma mesa redonda e vamos debater. Só isso que está errado!

  6. Avatar Herman Dutra disse:

    Boa tarde. Não sou contra vacinas, mas ao invés de bloquearem o Twitter do Dr. Robert Malone, e tentar calá-lo a força, porque não sentamos com ele em um debate e discutimos amigavelmente as suas opniões e as nossas? Porque Dr. Robert Malone tem essa opinião? A ciência foi feita para ser debatida, discutida e estudada e não calada e amordaçada!!!! Não concordo em calar o Dr. Robert Malone como fizeram, isso não pega bem para a comunidade médica e científica. Fica sim parecendo que estamos em um regime comunista, onde outras autoridades científicas não podem ter opinião contrária. Não que ele esteja certo, mas não ouvir e debater fica ruim. Foi preciso Pitágoras questionar que a terra era redonda para que começassem os debates e descobrirem que ele tinha razão, isso é democrático! Não podemos deixar que a política decida a ciência. Sentemos em uma mesa redonda e vamos debater. Só isso que está errado!

  7. Avatar Pedro disse:

    Procurei o cv do Marcelo Daher e Zacharias Calil, ambos formado em cirurgia plástica, achei um do Malone de 2017, tem só 14 páginas…. excelente fact check

  8. TEM OS FAVORES E OS CONTRAS MEDICOS E CIENTISTAS DEVERIAM SE UNIR PARA ACHAREM UMA VACINA EFICAZ, TEM O LADO DOS PAISES COMO CHINA QUE SO FUNCIONA COMERCIO E A VIDA PARA ELES NAO TEMM VALOR , SOMOS MORTAIS E NEM TODOS SAO CONFIAVEIS, DEUS DEU AO HOMEM INTELIGÊNCIA PARA BUSCAR A CURA PARA OS MALES HUMANOS.

  9. Avatar Israel.c.m disse:

    Não sou contra vacina, mas a princípio 2 doses garantiam a imunização total do indivíduo, agora é preciso a terceira dose, até onde vai isso? A gripe é um vírus que atormenta a humanidade a vários é vários anos, e até hoje não existe uma vacina que realmente te proteja dela, então como pode a vacina do covid te proteger de um vírus com apenas 3 anos de existência?

  10. Avatar Luciano Konzen disse:

    “a taxa de letalidade da Covid-19 é de 2,9%”? MENTIRA
    Se assim fosse seriam mais de 6 milhões de mortos. São 620 mil ou 0,03%. O mais importante é que NÃO SE CONHECEM OS EFEITOS A LONGO PRAZO simplesmente por que não houve acompanhamento de longo prazo. somos as cobaias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.