O exame ecocardiográfico de Vilmar Mariano, que recebeu alta nesta segunda-feira, 30, um dia após ser internado com dores no peito, revelou não haver necessidade de um cateterismo, procedimento ao qual o prefeito de Aparecida de Goiânia já foi submetido uma vez. O corpo médico, formado com médicos do Hospital Israelita Albert Einstein e o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP), contraindicou a técnica devido à normalidade das coronárias de Vilmar. O cateterismo, apesar de apresentar riscos, é considerado seguro de acordo com especialista ouvido pelo Jornal Opção, e pode ser feito até duas vezes por ano.

O cateterismo cardíaco é um exame realizado pelo cardiologista para avaliar o funcionamento do coração e alterações nas estruturas do coração ou obstruções das artérias coronárias. Ele permite diagnosticar e/ou tratar doenças cardíacas, como infarto agudo do miocárdio, cardiomiopatias ou arritmias.

O governador de Goiás Ronaldo Caiado e o prefeito de Anápolis Roberto Naves (Republicanos) também já foram submetidos ao cateterismo. Em 2019, o governador foi internado às pressas após sentir dores no peito. Ele passou por um cateterismo, uma angioplastia e teve um stent colocado para desobstruir um vaso sanguíneo.

O médico cardiologista Atex Sander comenta que diversos fatores podem estar ligados aos problemas cardíaco, desde o emocional ao vício em cigarro, por exemplo.

“O cateterismo é usado para detectar obstruções, placas de gordura ou estreitamento das artérias coronárias, que são responsáveis por fornecer sangue ao músculo cardíaco”, revela.

Pacientes com problemas cardíacos podem necessitar de diversos procedimentos de cateterismo ao longo da vida. “Tem pessoas que passam pelo exame uma vez a cada seis meses, tem gente que à cada um ano”, explica Sander.

Como é feito o procedimento

  1. Anestesia local: O paciente recebe anestesia local na virilha ou no antebraço.
  2. Pequeno corte: O médico faz um pequeno corte na pele da virilha ou do antebraço, geralmente na altura do punho ou cotovelo, para inserir o cateter.
  3. Inserção do cateter: O cateter, que é um tubo flexível extremamente fino, é inserido na artéria (geralmente radial, femoral ou braquial) e conduzido pelo médico especialista até o coração.
  4. Localização das entradas das artérias coronárias: Durante o procedimento, o médico localiza as entradas das artérias coronárias direita e esquerda.

Prefeito agradece equipe médica e assina piso da enfermagem

Pelas redes sociais, Vilmar Mariano agradeceu a equipe médica do Hospital Municipal de Aparecida e aproveitou o quadro de saúde positivo para apresentar o projeto que estabelece pagamento do piso nacional da enfermagem.

A assinatura para encaminhar a proposta para a Câmara Municipal foi assinada foi alí mesmo, na sala do hospital. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a medida vai contemplar cerca de 1.580 dos 2.100 profissionais da área que atuam em Aparecida de Goiânia.

Leia também:

Vilmar Mariano segue em observação no hospital de Aparecida de Goiânia

Após se sentir mal, Vilmar Mariano é levado às pressas a hospital