Presidente sente “incômodo no local” onde foi atingido por um golpe de faca durante campanha presidencial em Juiz de Fora (MG)

O Presidente Jair Bolsonaro, chega ao Palácio do Alvorada, cumprimenta moradores de Glicério/SP e fala sobre à tragédia em Brumadinho.

Em entrevista ao jornal O Globo, o médico cardiologista Leandro Echenique — que acompanha o presidente Jair Bolsonaro (PSL) — disse que o chefe do Executivo poderá receber alta da cirurgia de hérnia em menos de dez dias. Bolsonaro será submetido ao novo procedimento no próximo domingo, 8.

Segundo o especialista, este procedimento é bem mais simples que as cirurgias anteriores.  “O tempo de internação hospitalar não dá para afirmar, são muitas variáveis. Ele (Bolsonaro) colocou nas redes sociais dez dias, mas a gente acha que provavelmente é menos que dez dias”, afirmou ao O Globo.

O médico ressalta que o presidente sente um “incômodo no local” onde foi atingido por um golpe de faca durante a campanha presidencial em Juiz de Fora (MG). Echenique destacou ainda que a hérnia chega a ficar visível sob a roupa.