“Me ajudem, eu preciso das orações de vocês”, diz Caiado ao pedir perdão por atraso no salário

Governador discursou durante evento no hospital São Cottolengo em Trindade

O governador Caiado participou na manhã desta segunda-feira, 11, de evento em comemoração aos 68 anos do hospital São Cottolengo, em Trindade. Durante discurso, o governador ressaltou que a saúde é um das prioridades de sua gestão e que não haverá mais atrasos nos repasses das verbas federais à unidade.

Caiado ainda aproveitou a oportunidade para pedir perdão por não ter quitado a folha de dezembro dos servidores. ” Me perdoem se não consegui pagar o mês de dezembro, mas estou trabalhando fortemente para poder o mais rápido possível, quando tiver a minima condição, garantir aquilo que é sagrado: o seu salário”, disse.

E ainda pediu a ajuda dos servidores. “Me ajudem, eu preciso das orações de vocês. Eu preciso do apoio para mostrar que em um curto espaço de tempo, Goiás será referência no cenário nacional”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Alda Prudente

Sim governador. A ajuda q podemos dar é o senhor ter a compreensão e honrar a sua palavra demitindo TODOS os comissionados do Tce. Ai o estado não fica inviável como se encontra. Faca da sua parte.E pra Goiás ser referencia não podemos continuar com as maracutais, desrespeito e farra no Tce. Quem é o gestor de la é o senhor ou o TJ(conselheiro)?Se posiciona por favor.

Alda Prudente

O senhor não pode fazer vistas grossas perante ao Tce. Lá e abusivo.Lá é afronta a sociedade. Exonere os

Alda Prudente

Vamos orar para q o senhor tome posição, e atenda a sociedade q precisamos abaixar a folha do Tce. Lá funciona e bem sem os comissionados. O ajuste do estado tem q começar lá.

Alda Prudente

Só pedir orações e perdão como o senhor esta fazendo é ate desrespeitoso. Tem q ter ação sua e forte.

MARCIA CRISTINA DA SILVA

E os ITEGOS ? Dois meses sem receber? Tantas famílias passando por dificuldades…

Lara Pt

É de notório saber que o Estado de Goiás se encontra com excesso de servidores comissionados e muitos desses com salários polpudos, contratos com OS superfaturados, entre vários outros gargalos financeiros. Não é justo nem prudente o senhor começar o seu governo dando o calote nos salários dos servidores sem antes proceder aos ajustes necessários. Palavras bonitas não governam e sim atitudes sábias e prudentes!

Maria aparecida lucas dos santos

Senhor governado é com todo respeito que falo ao senhor o servidor inativo e gente, come tem conta para paga e que esta acontecendo é a maior falta de respeito com quem ja contribuiu 30 ano ou mais para o estado.Vamos ora sim também precisamos.

Ingeborg

Isso é hipocrisia. O que o senhor está fazendo com os funcionários, em especial, com os policiais e professores, desumano. O meu voto no senhor está indo pelo ralo a baixo.
Deixa de falsidade e obscuridade, vê se trabalha direito.

Renata

Tem previsão para o pagamento do salário de fevereiro?

Fabrício Gomes dos Santos

Senhor governador, se eu pedir para os credores orarem por mim será que resolve a questão dos juros ?
Salários atrasados será que o senhor irá pagar com juros proporcionais?

Vinicius Jose Morais Alves

Toda troca de governo é assim, quando o Marcone assumiu do PMDB estava tudo atrasado, quando Marcone entregou para o Alcides estava atrasado, quando o Alcides entregou para o Marcone atrasado novamente, então esse cara já sabia do problema, agora fica numa choradeira e não ver atitudes para resolver o problema, só choradeira.

Arlete Ribeiro

Eu não perdoo. Porquê, sou idosa, aposentada da EDUCAÇÃO , o meu salário do estado de acordo com o contracheque é de 2.700 reais líquido . Como não posso fazer greve não recebi. Já pagaram quem ganha até 3.500 reais e também não recebi. Pagaram somente os ativos e os aposentados mandaram o chicote no lombo. É de ridiculo esse pedido de perdão num lugar onde tem gente que sofre tanto como a Vila São Cotolengo.

Monica

Peça perdão dos juros que todos nós servidores estamos pagando! #desrepeitoaoservidorpúblico

Sera que se eu ligar no banco e pedir perdão pelos juros do cartão de crédito vai colar? Minha tia costumava dizer que o único despique de quem deve é pagar. Mais nada!