MDB Goiás estuda realizar votação virtual para a escolha do próximo presidente

Voto remoto deve ser disponibilizado aos correligionários que não poderão estar na Capital na próxima sexta-feira. Eleição deve ter apenas um candidato, o atual presidente Daniel Vilela.

Daniel Vilela: presidente do MDB em Goiás | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O presidente do MDB Goiás, Daniel Vilela, disse nesta segunda-feira (14) que o diretório do partido estuda a possibilidade de estabelecer uma votação remota aos correligionários que poderão estar em viagem ou em regiões mais distantes de Goiânia. A eleição ocorre na próxima sexta-feira (18) e deve ter apenas um candidato, o próprio Daniel Vilela.

“Estamos buscando a possibilidade de uma votação virtual para aqueles que estão muito distante ou para aqueles que não estão no estado, mas querem participar com o seu voto para que a gente tenha uma grande festa de manifestação, de apoio e de revigoramento do nosso MDB”, disse Daniel em vídeo gravado para militância e em um cenário no qual ao fundo está uma foto antiga do ex-prefeito e ex-governador Iris Rezende, maior liderança emedebista.

No fim da tarde do último domingo (13), a Comissão Executiva Estadual do partido indeferiu o registro da chapa liderada pelo deputado estadual Paulo Cézar Martins para concorrer nas eleições para o Diretório Estadual do partido. Era o prazo limite para apresentação de registros para a disputa.

O motivo do não aceite da postulação do deputado é de que a Chapa 2 não cumpriu o artigo 82 do estatuto do MDB, que prevê o mínimo de 5% de votantes inscritos na convenção (convencionais) assinando o requerimento encaminhado.

Já a Chapa 2, liderada pelo atual presidente do MDB goiano, Daniel Vilela, esteve de acordo com todos os dispositivos e está apta a concorrer. A convenção do partido está marcada para as 13 horas às 17 horas, na sede do diretório estadual, no Setor Aeroporto, em Goiânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.