MDB e PSDB podem se unir para montar oposição em Rio Verde

Daniel Vilela quer lançar Juraci Martins como candidato do partido. Tucanos estavam presentes no evento. Objetivo é lançar nome forte para desbancar Paulo do Vale

Ex-prefeito Juraci discursa em evento do MDB | foto: divulgação

O presidente do MDB goiano, Daniel Vilela, convidou o ex-prefeito de Rio Verde Juraci Martins (sem partido)  para disputar as eleições de 2020 pela sigla. Ele organizou, na tarde de sábado, 9, de almoço de confraternização no município, em que estiveram presentes também o deputado estadual Paulo Cesar Martins (MDB), dr Eduardo, alguns vereadores da base e da oposição ao atual prefeito Paulo do Vale (sem partido), além de lideranças locais.

A avaliação de grande parte da oposição, capitaneada pelo MDB, é que para bater Paulo do Vale é preciso de um nome forte, com uma articulação robusta das siglas próximas. O nome mais bem avaliado, neste sentido, é o de Juraci. No entanto, o ex-prefeito deve se filiar ao PSD, de Vilmar Rocha.

Paulo do Vale e Juraci durante planejamento do Hospital Materno-Infantil

O atual prefeito tem feito obras bem visíveis como praças, ruas e sinalização, o que pode satisfazer o eleitor. Entretanto, na área de saúde é mal visto pelo eleitor. “Quando foi secretário do Juraci, apresentou o projeto do Hospital Materno-Infantil, mas enquanto prefeito não colocou um tijolo na unidade. A única obra de grande impacto é o prolongamento da Avenida Paulo Roberto Cunha, mas faz parte de empenho de outro governo”, diz o empresário Belchior Wenceslau, empresário do ramo de transportes, filiado ao MDB.

Neste sentido, a articulação de Daniel pode ter diferentes segmentos da sociedade rioverdense,  inclusive unir o PSDB e o MDB local. Tanto que a ex-vereadora e candidata a vice-prefeita Maria Jose em 2016 na chapa de Heuler Cruvinel, além do vereador Manoel, ambos tucanos, estiveram presentes no evento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.