Matheus Ribeiro volta ao Estado e pode concorrer nas eleições de 2022

Filiado ao PSB e com passagens pelo PCdoB e Patriota, jornalista tem nome ventilado como postulante à Câmara Federal, inclusive, pelo MDB

De volta a Goiânia após um ano e meio como apresentador do programa DF no Ar e editor-chefe da TV Record de Brasília, o jornalista Matheus Ribeiro anunciou a volta para o Estado de Goiás, onde é sondado como postulante a uma cadeira na Câmara Federal por algumas siglas. Entre os partidos está, inclusive, o MDB, do pré-candidato a vice-governadoria Daniel Vilela.

O jornalista confirma que o ingresso à vida política é uma possibilidade, porém não quis dar mais detalhes sobre filiação partidária. Ele é filiado ao PSB desde março de 2020, porém tem sido sondado por outras siglas. Matheus já passou pelo Patriota e pelo PCdoB. “Recebi alguns convites, mas não há nenhuma decisão a respeito”, diz.

Questionado sobre o histórico de filiação ao PCdoB e ao Patriotas, que têm diferenças ideológicas, o jornalista afirmou que nunca esteve presente no dia-a-dia das decisões partidárias. “Apesar de já ter me filiado a alguns partidos, nunca tive vida partidária ou atuação política”, justifica.

Motivação

Um dos motivos pelos quais ele entraria na carreira política, segundo o próprio, é a luta pelos direitos da população. Jornalista e âncora, inclusive do Jornal Nacional, Matheus Ribeiro afirma que conheceu de perto os problemas reais dos cidadãos e trabalhou para ajudar a resolvê-los. E isso é é um dos pilares da democracia representativa.

Apesar da possibilidade, ele afirma que o enfoque, neste momento, é estudar e seguir com outros projetos em Goiânia, onde estará mais próximo da família e dos amigos. “A alegria é estar de volta à minha terrinha, porque eu sou goiano de pé rachado, então eu voltei”, comemora.

Saída da Record

Após o anúncio da saída da RecordTV, o jornalista segue com um programa semanal na Rádio Interativa, o Se Liga, que é transmitido aos sábados no Estado de Goiás. O programa era apresentado por ele mesmo quando estava no Distrito Federal. Ele gravava o programa remotamente.

A saída, de acordo com Matheus, foi para a renovação de um ciclo, com novos projetos e mudanças que são necessárias. “Em breve trago novidades”, publicou o jornalista em uma rede social.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.