Matheus Ribeiro é sondado por MDB e Novo

De volta ao Estado e cotado como candidato à Câmara Federal, jornalista já foi procurado por pelo menos duas siglas

O Jornalista Matheus Ribeiro foi sondado pelo MDB e pelo Partido Novo como possível candidato à Câmara Federal ou para a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Conforme o Jornal Opção adiantou na última sexta-feira, 26, o jovem comunicador tem sido procurado por líderes partidários. Ele se encontrou nesta segunda-feira, 29, com representantes do Novo e também já teve conversas com representantes do MDB.

O jornalista foi convidado para um almoço com um amigo, que o apresentou a dois representantes da sigla do Partido Novo. A legenda segue a linha liberal economicamente. Ele, porém, não ficou muito animado porque as pautas da legenda vão contra seu histórico partidário e com as suas afinidades ideológicas.

Matheus é filiado ao PSB e já passou pelo Patriota e pelo PCdoB e pode concorrer a um cargo eletivo. Segundo ele, a possibilidade surge após seu trabalho no jornalismo o aproximar de luta pelos direitos sociais. O jovem tem mantido aberto diálogo com várias lideranças partidárias. “Apesar da conversa agradável que tive com membros do Novo, não tenho afinidade ideológica. Fui chamado por um amigo para almoçar e fui apresentado a duas pessoas do partido. Entretanto, não houve nenhum avanço. Foi mais um encontro entre amigos”, explica o jornalista.

O encontro, de acordo com o presidente do Partido Novo, Adriano Sarmento, foi intermediado pelo vice-presidente do Diretório Estadual da sigla, Israel Marcelo. Mas eles alegam desconversam sobre uma possível filiação e dizem que a conversa não teve nenhum vínculo com a agenda partidária do partido.

Apesar das conversas não terem esquentado, o médico Alano Queiroz (Partido Novo), que concorreu ao cargo de deputado federal nas últimas Eleições, se mostrou animado com a conversa. Ele esteve no almoço com o jornalista e confirmou que Matheus. “Foi uma reunião bem positiva. Ele é mais próximo do nosso partido do que do MDB”, acredita o político.

Além da última conversa com o Novo, Matheus também já abriu diálogo com representantes do MDB. Entre as lideranças está o presidente do partido, Daniel Vilela, que é pré-candidato a vice-governador do Estado na chapa com o governador Ronaldo Caiado (Democratas).

Política ou televisão

Apesar das conversas com lideranças partidárias, o jornalista afirma que, após o retornar para Goiânia depois de deixar a TV Record de Brasília, o enfoque dele é estudar, trabalhar, cuidar da empresa e também para se aproximar da família, da qual esteve distante.

O retorno à televisão, inclusive, é uma possibilidade. Ele está conversando com algumas emissoras, como a TV Goiânia, mas ainda não houve nenho acerto. “Fui conhecer a emissora e tivemos um bom papo, porém foi só isso”, comentou o jornalista, que não descarta o retorno ao jornalismo televisivo na capital.

Fora da televisão ele segue com um programa semanal na Rádio Interativa, o Se Liga, que é transmitido aos sábados no Estado. O programa era apresentado por ele mesmo quando estava no Distrito Federal.

*Atualizado às 19h51

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.