Marqueteiro do PT João Santana tem prisão decretada

Inquérito da 23ª fase da Operação Lava Jato denominada Acarajé cumpre mandados judiciais em nove cidades 

Marqueteiro João Santana foi responsável pelas três últimas campanhas presidenciais do PT | Foto: reprodução Youtube

Marqueteiro João Santana foi responsável pelas três últimas campanhas presidenciais do PT | Foto: reprodução / Youtube

A Polícia Federal deflagou na manhã desta segunda-feira (22/2) mais uma fase da Operação Lava Jato. Os policiais estão cumprindo mandados em São Paulo, no Rio de Janeiro e Salvador. Um dos envolvidos que teve a prisão decretada foi João Santana, marqueteiro responsável pelas campanhas da presidente Dilma Rousseff, em 2010 e 2014 e de Luiz Inácio Lula da Silva em 2006.

O inquérito investiga supostos pagamentos de R$7 milhões ao marqueteiro pela Odebrecht em paraísos fiscais. Cerca de 300 policiais federais cumprem 51 mandados judiciais, sendo 38 de busca e apreensão seis de prisão temporária e cinco de condução coercitiva. As primeiras informações são de que João Santana está fora do país.

Os mandados são cumpridos nos estados da Bahia (Salvador e Camaçari), Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Petrópolis e Mangaratiba e São Paulo capital, Campinas e Poá.

O objetivo das investigações desta fase é o cumprimento de medidas cautelares, a partir de representação da autoridade policial, relacionadas a três grupos: um grupo empresarial responsável por pagamento de vantagens ilícitas; um operador de propina no âmbito da Petrobras; e um grupo recebedor, cuja participação fora confirmada com o recebimento de valores já identificados no exterior.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde permanecerão à disposição da 13ª Vara da Justiça Federal. A 23ª Fase da Operação Lava Jato foi denominada Acarajé em alusão ao termo utilizado por alguns investigados para nominar dinheiro em espécie. (Com informações Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.