Marconi vai a cinco ministérios defender projetos de Goiás

Em uma semana, o governador teve audiência com 13 ministros e se mostrou otimista com a possibilidade de recursos e convênios para Goiás

Divulgação/Governo de Goiás

 Kassab, da Ciência e Tecnologia, foi um dos ministros visitados por Marconi| Divulgação/Governo de Goiás

De terça-feira (24/5) da semana passada até esta quinta-feira (2/6), o governador Marconi Perillo (PSDB) manteve contatos em Brasília com 13 ministros e com o presidente interino Michel Temer (PMDB) para defender o andamento de vários projetos de Goiás em tramitação no governo federal.

Nesta quinta-feira, ele foi recebido em audiência por cinco ministros – Alexandre de Moraes, da Justiça; Ricardo Barros, da Saúde; Gilberto Kassab, de Ciência e Tecnologia; Marcos Antônio Pereira, de Indústria e Comércio, e Mendonça Filho, da Educação.

O tucano classificou as visitas como “extraordinárias”, afirmando que teve a oportunidade de deixar várias demandas, dar sugestões e debater projetos bem-sucedidos implantados em Goiás.

“Como os ministros são nossos amigos, com os quais já temos uma convivência de muitos anos, houve uma interação muito grande”, salientou.

O dia de visitas em Brasília foi iniciado às 9 horas no Ministério da Justiça. Ao ministro Alexandre de Moraes, o governador reforçou o pleito de liberação de recursos por parte da União para que o Estado possa investir nas ampliações do sistema prisional e no monitoramento eletrônico.

O monitoramento das fronteiras, principalmente na divisa com países que permitem o tráfico de drogas, foi outro tema abordado pelo governador junto ao ministro da Justiça. Marconi reforçou o pedido para que o governo federal intensifique o policiamento e o combate ao tráfico de drogas.

Em seu entendimento, se a ação for rígida e eficaz nas fronteiras, os estados não serão tão sacrificados nos investimentos necessários para combater os traficantes que percorrem as rodovias. “Se a droga continuar entrando livremente pelas fronteiras, dificilmente o Brasil conseguirá combater o tráfico e diminuir a criminalidade”, opinou.

Na audiência com o ministro da Saúde, o governador reforçou o pedido de o Estado ter contrapartida para a manutenção dos hospitais do governo estadual. “São hospitais de alto padrão, aprovados pela população e devem merecer atenção do Governo Federal em razão do seu alcance social”, disse.

Ao ministro Gilberto Kassab, pediu apoio ao Inova Goiás e a outros projetos da área de ciência, tecnologia e pesquisa. “Também pedimos apoio às nossas instituições de ensino superior”, anunciou.

No Ministério da Educação, o governador tratou de vários temas, dentre eles a implantação das Universidades Federais de Jataí e Catalão, já aprovadas pelo Governo Federal e em fase de implantação. Aproveitou a audiência para explicar ao ministro Mendonça Filho o andamento do projeto de implantação de OSs na área da Educação em Goiás.

Já o ministro Marcos Antônio Pereira, de Indústria e Comércio, recebeu de Marconi o convite formal para que visite Goiás, com o objetivo de anunciar projetos específicos para microempresas e para a atração de investimentos. (Da Assessoria do Governo de Goiás)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.