Marconi tem concentrado esforços em conversas com lideranças e segmentos sociais

Tucano recebe parlamentares, lideranças e aliados quase que diariamente. Assuntos são mantidos em sigilo, na medida do possível  

Impossibilitado de cumprir agenda oficial de vistorias e inaugurações de obras devido à legislação eleitoral, o governador Marconi Perillo (PSDB), candidato à reeleição, tem se dedicado a conversações com lideranças e aliados em prol da formatação de sua campanha, a ser coordenada, sobretudo, por ele mesmo. No final da tarde da última quarta-feira (9/7), o tucano esteve com o ex-secretário de Saúde Antônio Faleiros (PSDB), candidato a deputado federal. Nos últimos dias ele também conversou com os deputados federais Sandes Júnior (PP) e Carlos Alberto Leréia (PSDB).

Dentre os candidatos mais apoiados por Marconi ao lado de Giuseppe Vecci, Antônio Faleiros disse à reportagem que o assunto tratado com o governador não chegou a ser político, embora a campanha tenha começado. Segundo Faleiros, ele foi acompanhar visita de cortesia do presidente da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários dos estados de Goiás e Tocantins, Jaime Bueno Aguiar. “Tratamos sobre as questões do transporte rodoviário e público no Estado. Ele [Jaime Bueno] aproveitou também para agradecer a participação do governo no desenrolar das negociações, afinal, o envolvimento do Estado tem sido crucial, o passe livre é um exemplo de ação concreta”, conta.

Sondado sobre conversações mais políticas quanto os rumos da campanha, pois sabe-se que o governador tem participado de perto das ações neste sentido e chegou a hora de definições quanto às coordenações regionais, Faleiros negou e disse que, por também ser candidato, não poderia ajudar neste sentido. “Estou desenvolvendo minha campanha, vou apoiar o governador assim”, afirma.

Sandes Júnior disse que não chegou a conversar mais que cinco minutos com Marconi Perillo, devido à agenda apertada de ambos. Segundo o pepista, o tucano gosta de consultá-lo quanto aos números das pesquisas. As mais recentes, Serpes e Fortiori, começam a mostrar vantagens quanto à reeleição do governador ante os números que antes eram quase de empate técnico com o peemedebista Iris Rezende, tido como principal adversário por conta da histórica polarização.

“Disse a ele que os números são muito bons, e olha que a campanha está só no começo. Quando passarmos a contar com rádio, TV e as pílulas, a tendência é de deslancharmos”, diz otimista.

Na última terça-feira (8), Marconi Perillo e o ex-tucano Veter Martins (PHS) voltaram a se entender. Liderança em Aparecida de Goiânia, o político representa apoio importante ao tucano no sentido de contornar a expressiva rejeição ao seu nome na capital, visto que a cidade metropolitana concentra o terceiro maior colégio eleitoral do Estado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.