Marconi sugere nome de Meirelles para vice de Alckmin

Governador voltou a falar sobre aliança PSDB-MDB nesta segunda-feira (2)

Divulgação

Durante encontro organizado pela corretora XP Investimentos, em São Paulo, nesta segunda-feira (2/7), o coordenador político da pré-campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB), o ex-governador Marconi Perillo, sugeriu a investidores o nome de Henrique Meirelles (MDB) como candidato a vice na chapa tucana.

“O momento, agora, é de um líder democrático como Alckmin, mais as lideranças políticas e um expressivo representante de mercado com vivência e experiência política, como é Henrique Meirelles”, afirmou o governador, segundo o jornal “Folha de São Paulo”.

O goiano tem sido um dos maiores defensores de uma aliança de Alckmin com o MDB para a disputa presidencial. Recentemente, assim que assumiu a coordenação da campanha de Alckmin, Marconi teve encontro com o presidente nacional do MDB, Romero Jucá.

PT e PSDB

O ex-governador foi convidado pela XP a falar sobre perspectivas econômicas e políticas para 2018, tendo em vista as eleições gerais de outubro. No encontro, Marconi disse que, apesar das movimentações e debates em torno de um presidente de terceira via, a perspectiva é de que PSDB e as forças representadas pelo PT novamente polarizem a corrida para o Palácio do Planalto e protagonizem o segundo turno.

“PSDB e PT vão disputar o segundo turno. O sistema político brasileiro, mundialmente falando, não se move na velocidade que muitos protagonizam”, disse Marconi.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Marcia

Na minha opinião Alckmin é o mais preparado para lidar com tudo o que está acontecendo no país atualmente. As equipes de plano de governo que ele escolheu são extremamente competentes. Merece minha confiança.