Marconi Perillo: “Poderemos tirar muitas oportunidades da crise”

Governador defendeu, em hangout realizado nesta quarta-feira, que, com prudência, o estado de Goiás pode manter “círculo virtuoso” 

| Foto: Divulgação

O Secretário de Planejamento, Thiago Peixoto, também participou da conversa | Foto: Divulgação

Quarta-feira (12/08) foi dia de mais um hangout do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). O Secretário de Planejamento, Thiago Peixoto, também participou do bate-papo. Na oportunidade, ele conversou com os internautas sobre o Fórum Movimento Brasil Central e sobre a atual crise brasileira. E afirmou: “se nós tivermos prudência nesse momento difícil que atravessa o país, poderemos tirar muitas oportunidades da crise”.

Marconi também ressaltou que espera que Dilma Rousseff tenha governabilidade e uma boa agenda econômica. Segundo ele, a situação é séria, mas Goiás vem conseguindo se manter em ritmo de crescimento. “Já captamos algo próximo de R$ 3 bilhões, apesar da crise. Goiás é muito dinâmico, mas não somos uma ilha”, pontuou ele.

Para o governador, este cenário é resultado de muitos ajustes, mas que é importante não depender só deles. “Ajustes são meio, não são fim. O fim são as atividades econômicas, investimentos, especialmente em infraestrutura, logística e desenvolvimento tecnológico e científico”, completou ele.

Marconi lembrou que, em Goiás, houve redução de secretarias, eliminação de cinco mil cargos comissionados e corte de R$ 3 bilhões no orçamento. Ele aproveitou o hangout para destacar também a importância da eficácia na gestão pública. Para ele, é importante “refinar cada vez mais a gestão para que possamos despender menos recursos com mais eficiência e melhores serviços”.

O Movimento Brasil Central foi bastante exaltado pelo governador. “Temos, juntos, muitas similaridades, potencialidades, desafios e oportunidades. Começamos a debater os grandes temas da infraestrutura e temas regionais que devem nos unir para sermos um bloco bastante competitivo, que consolide um futuro promissor para nossa região”, disse ele.

Ele adiantou que o bloco deve contar com a participação de 18 senadores e vários deputados federais. Os secretários de Gestão, Planejamento e Fazenda dos estados membros – Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Tocantins, Rondônia – também participam ativamente. De acordo com o governador, eles trabalham agenda também nas áreas científica, tecnológica, da segurança pública, agricultura produtiva e educação”.

Uma resposta para “Marconi Perillo: “Poderemos tirar muitas oportunidades da crise””

  1. Olivier Santine Novaes disse:

    onibus coletivos sucateados..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.