Marconi Perillo é empossado para quarto mandato à frente do governo de Goiás

Durante o ato, tucano disse que Goiás tem um projeto que é modelo para o País e que não vendeu fantasias durante campanha eleitoral

destaque marconi

“Vou realizar e cumprir todos os projetos que prometi”, disse Marconi | Foto: Assessoria de Imprensa

O governador Marconi Perillo (PSDB) tomou posse no final da manhã desta quinta-feira (1º/1) ao seu quarto mandato à frente do Palácio das Esmeraldas. A cerimônia foi realizada na Assembleia Legislativa e, durante discurso, o tucano afirmou que Goiás tem um projeto que é modelo para o País e que não vendeu fantasias durante campanha eleitoral.

“Vou trabalhar para a consolidação no agronegócio, na inovação tecnológica e em uma vida melhor aos goianos no futuro. Vou realizar e cumprir todos os projetos que prometi”, garantiu Marconi.

Por sua vez, o presidente da Casa, Hélio Sousa (DEM), disse que “não poderia existir um dia melhor para o senhor [Marconi] assumir como governador, pois hoje é o dia mundial da paz”.

Ainda durante a cerimônia, o governador reeleito, de 51 anos, leu seu compromisso de posse e prometeu “manter e defender a república do Estado e promover o bem geral da população”.

Emocionado, o tucano, que em outubro venceu o decano peemedebista Iris Rezende com 57,44% afirmou que “o rapaz de Palmeiras de Goiás continua vivo e luta por seu amado estado”, e continuou: “o meu propósito, inabalável, é fazer do nosso Estado o melhor prestador de serviços do País. Agradeço a todos e em especial ao amor da minha vida, Valéria, e as minhas queridas filhas que, inclusive, me ajudaram a escrever este discurso. A minha mãe, que sempre esteve ao meu lado e hoje continua viva em mim”.

Biografia

Marconi Perillo nasceu no município de Palmeiras de Goiás. Formado em Direito, começou a carreira política na década de 1980 como presidente do PMDB Jovem do Estado e depois como presidente nacional da Juventude do PMDB.

O primeiro mandato foi conquistado em 1990, quando foi eleito deputado estadual pelo PMDB. Quatro anos depois, em 1994, chegou à Câmara dos Deputados, dessa vez eleito pelo PP. Ele tornou-se governador em 1998 após derrotar o mesmo candidato peemedebista contra quem concorreu em 2014. Foi reeleito em 2002. Em 2006, Marconi chegou ao Senado com 75,82% dos votos válidos, alcançando uma votação histórica em Goiás. Marconi foi eleito governador de Goiás novamente em 2010.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.