Marconi libera segunda parcela dos convênios celebrados com as primeiras 25 cidades

Recursos somam quase R$ 50 milhões. Na quinta e na sexta-feira, governador irá a mais nove municípios para celebrar novos acordos

 

O governador Marconi Perillo (PSDB) assinou na última quarta-feira (27) o documento de liberação da segunda parcela dos convênios celebrados com as primeiras 25 cidades atendidas pelo Programa Goiás na Frente. Ele prepara, agora, a liberação da primeira parcela para mais cinco municípios que já estão com a documentação necessária regularizada: Edeia,  Mossâmedes Nova América, Serranópolis e Itapaci.

Os primeiros 25 municípios contemplados começaram a receber os recursos em maio. Foram duas etapas de liberação para cinco cidades cada, e uma para 15 cidades. Os municípios já atendidos são os que apresentaram documentação em dia, e já firmaram com o governo estadual a celebração dos convênios. Os recursos liberados para essas cidades são da ordem de R$ 49.180.070,44.

Marconi começou neste mês a percorrer as cidades do interior do Estado para celebrar os convênios com as prefeituras, segunda etapa do processo de liberação dos recursos. Amanhã (quinta-feira, 29), ele irá às seguintes cidades para assinar convênios com os respectivos valores: Itumbiara (R$ 5 milhões), Buriti Alegre (R$ 1 milhão), Água Limpa (R$ 1 milhão), Rio Quente (R$ 1 milhão), Morrinhos (R$ 1,3 milhão), e Piracanjuba (R$ 1 milhão). Na sexta-feira, percorrerá Aragoiânia (R$ 2 milhões), Abadia de Goiás (R$ 1 milhão), e Trindade (R$ 5,390 milhões). Esses municípios são os próximos a receber suas primeiras parcelas de recursos.

A maioria das obras relacionadas nos convênios é de recapeamento e asfaltamento urbano. As obras foram definidas pelos prefeitos em conjunto com as populações de cada cidade, o que reforça o caráter republicano do programa. Até o final de setembro, Marconi deverá ter visitado os 246 municípios goianos para celebrar convênio com cada um deles.

Durante evento de liberação da primeira parcela para 15 municípios, ele afirmou que o governo estadual tem pressa em celebrar os convênios com os 246 municípios do Estado, reforçando a cobrança que tem feito para que as prefeituras agilizem a regularização dos documentos, e os recursos possam ser repassados o mais rápido possível.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.