Marconi faz vistoria em obras habitacionais em Goiânia

As moradias serão disponibilizadas por sorteio, que deve ser realizado até agosto deste ano. 72 mil pessoas já se inscreveram

 

Marconi Perillo e o secretário de Governo Tayrone di Martino visitaram obras nesta sexta-feira (17/2) | Foto: Divulgação

O governador Marconi Perillo vistoriou nesta sexta-feira (17/2) os canteiros de obras dos residenciais Jardins do Cerrado 10 e Nelson Mandela, em Goiânia, que estão em fase de conclusão e com inscrições abertas pela Agência Goiana de Habitação (Agehab) até o dia 10 de março próximo. Até agora, 72 mil pessoas se inscreveram, com a expectativa de tornar realidade o sonho da casa própria. “A primeira coisa que representam obras como estas é a realização de sonhos, o atendimento a demandas que estão reprimidas há anos”, afirmou Marconi, durante a vistoria técnica aos dois residenciais.

Ele ressaltou que são 2.696 unidades nessa primeira etapa, mas o governo estadual vai lançar este ano a construção de mais 3 mil unidades, em terrenos que pertencem ao Estado. “Isso só foi possível porque nós tínhamos os terrenos, que estavam vagos”, disse. Também lembrou que este ano, em parceria com a Caixa Econômica Federal e os municípios, o governo estadual vai construir 30 mil novas moradias em Goiás. No caso do Residencial Nelson Mandela, prevê que o sorteio eletrônico, com acompanhamento do Ministério Público, seja feito até o mês de julho. Em relação ao Jardins do Cerrado 10, a previsão do sorteio é para agosto.

A vistoria começou um pouco antes das 8 horas, no Residencial Jardins do Cerrado 10, localizado nas proximidades da GO-060, saída para Trindade. No local estão sendo construídos 1.080 apartamentos, a custo de R$ 16,2 milhões, por meio do Cheque Mais Moradia da Agehab.

O Estado de Goiás participa com contrapartida de R$ 15 mil por unidade habitacional nesta etapa do empreendimento e é responsável pela inscrição de 30% das unidades habitacionais (324 apartamentos). O recurso federal investido no empreendimento é de R$ 64 milhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). A obra já está com 70% dos serviços executados. O residencial é dotado de completa infraestrutura – energia, asfalto, esgoto e galerias pluviais.

Em seguida, o governador vistoriou a obras de construção do Residencial Nelson Mandela, no Setor Vera Cruz, região Oeste de Goiânia. A primeira etapa, com 1.616 apartamentos, está sendo construída com recursos do Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás, no valor de R$ 24 milhões, em parceria com a Caixa Econômica Federal (FAR) e o Município. A obra está com 80% dos serviços concluídos.

No Nelson Mandela, as unidades estão divididas em blocos de quatro andares com 16 apartamentos por bloco, quatro por andar. Os apartamentos contam com 42,9 metros quadrados, divididos em dois quartos, sala, cozinha, área de serviço e banheiro. A seleção para 30% destes apartamentos já foi realizada pela Prefeitura de Goiânia dentro da cota do Município.

Agehab está com inscrições abertas até o dia 10 próximo para 1.131 apartamentos. Podem concorrer às unidades habitacionais famílias com renda bruta até R$ 1.800,00, que não possuam outro tipo de moradia ou benefício habitacional governamental e comprovar que mora em Goiânia há pelo menos três anos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Paulo

Julho ja foi e nada cade as eqntregas da 324 unidades do CERRADO 10 a prefeitura nem previsão q povo sem profissionalismo porque dá a data se não pode entregar preguiça dessa prefeitura caixa econômica, cocnstrutora, esse povo sao todos inútil tem um ano e meio do na espera cada vez eles muda a data tou casando disso