Marconi e Iris fecham parceria para continuação das obras da Avenida Leste-Oeste

Goiânia passa a fazer parte do programa Goiás na Frente. Contribuição vai ser de R$ 35 milhões para continuação das obras 

Goiânia passa a fazer parte do Goiás na Frente | Foto: Divulgação / Prefeitura de Goiânia

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) foi recebido na manhã desta quinta-feira (3/8) pelo prefeito Iris Rezende (PMDB) no Paço Municipal para reunião sobre parcerias para Goiânia. No encontro ficou acordado que Goiânia passará a fazer parte do programa Goiás na Frente. A estimativa é de repasse de cerca de R$ 35 milhões ao todo para viabilizar a continuação das obras da Avenida Leste-Oeste.

A estimativa é de que a construção do trecho que liga a Praça do Trabalhador, no Setor Central, a Senador Canedo fique orçada em R$ 70 milhões e os custos serão divididos em 50% para o governo estadual e 50% para o tesouro municipal.

“O convênio já está autorizado. Agora as equipes vão realizar o projeto, estabelecer as fases em que a obra será realizada, e então assinaremos o convênio e faremos a licitação. É importante deixar claro que não é uma obra que será iniciada amanhã, mas esta reunião de hoje sela a parceria entre governo do estado e prefeitura de Goiânia”, disse Marconi. “Com a entrada de Goiânia, o Goiás na Frente chega a todos os municípios de Goiás”, frisou.

Segundo o prefeito Iris Rezende, já está acordado que o projeto da Leste-Oeste será elaborado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese).

Durante a reunião, o prefeito agradeceu a visita do governador e afirmou que o encontro tem como objetivo a consolidação de convênios entre as duas esferas de governo. “Quero destacar o gesto do governador, que se deslocou do seu gabinete no Palácio da Esmeraldas, com parte considerável do seu secretariado, para que juntos discutíssemos questões que falam diretamente ao interesses da Capital”, disse o prefeito.

Saneamento

Desde a campanha de 2016, Iris Rezende questiona a lei de concessão da Saneago ao Governo do Estado de Goiás por mais 30 anos, aprovada pela Câmara Municipal de Goiânia e sancionada pelo prefeito Paulo Garcia (PT) em abril de 2016.

O assunto também foi pauta de reunião entre os dois líderes. Ficou decidido que uma comissão será formada para tratar o assunto de maneira técnica.

“Dois auxiliares do governo do estado e dois da prefeitura estarão sentados a partir de hoje, discutindo uma solução que garanta que Goiânia tenha seus direitos preservados e que o governo de Goiás tenha a oportunidade de continuar servindo a região metropolitana”, anunciou Iris.

“Esse é o momento em que a Prefeitura de Goiânia e o Governo de Goiás se dão as mãos, movidos pelo espírito público e pela responsabilidade administrativa, a fim de preparar um futuro seguro e tranquilo para a população da Capital”, enfatizou.

Marconi também anunciou que convidou o prefeito de Goiânia para inauguração do Sistema Produtor Mauro Borges, projetado para garantir o fornecimento de água tratada para a população da capital e Região Metropolitana até 2040. A inauguração será no próximo dia 21 de agosto.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Adriano Francisco dos Reis

Bom lembrar que o Plano Diretor determina, para a Leste-Oeste, que se construa um corredor exclusivo de ônibus (Art. 29).