Marconi discute fortalecimento de intercâmbios comerciais com embaixador do Vietnã

Nos últimos dois mandatos, governador já recebeu mais de 50 embaixadores para tratar de investimentos em Goiás e da consolidação de missões comerciais

Governador e primeira-dama receberam embaixador e embaixatriz do Vietnã | Foto: Henrique Luiz / Reprodução

O governador Marconi Perillo (PSDB) recebeu, no Palácio das Esmeraldas, o embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa, com quem tratou do fortalecimento de intercâmbios comerciais, principalmente sobre os itens milho, soja, carne e couro. Eles também discutiram a missão comercial asiática que o governador deverá realizar em junho para buscar novos investimentos e ampliar mercados para Goiás. Marconi estava acompanhado da primeira-dama Valéria Perillo e o embaixador da embaixatriz Nguyen Thi Thu Van.

De acordo com o superintendente de Comércio Exterior da Secretaria de Desenvolvimento (SED), William O’Dwyer, eles trataram ainda sobre a participação de Goiás na circulação de um boletim para promover os produtos goianos no Vietnã. Marconi falou sobre o crescimento econômico do Estado, missões comerciais realizadas na atual gestão e os resultados que elas trouxeram. Representantes do Fórum Empresarial de Goiás participaram da reunião.

Somados os encontros de sua gestão anterior e da atual, Marconi já recebeu mais de 50 embaixadores no Palácio das Esmeraldas, com intuito de fortalecer as relações comerciais e culturais de Goiás com diferentes países.

Em outubro de 2016, Marconi recebeu o embaixador das Filipinas no Brasil, Jose Dela Rosa Burgos, com quem tratou da expansão das relações comerciais entre Goiás e aquele país. O embaixador informou que Filipinas, que já é compradora da carne produzida no Estado, tem interesse também na produção de energia renovável, que em Goiás tem sido incentivada. No mês de julho, o governador se reuniu com o embaixador da Síria no Brasil, Ghassan Nseir.

Já em novembro passado, quando recebeu o embaixador da Suíça no Brasil, André Regli, por exemplo, ele solicitou a divulgação das potencialidades de Goiás para os investidores suíços, garantindo segurança jurídica e inserção na política de incentivos fiscais, além da logística e da posição geográfica estratégica como diferenciais do Estado.

Neste ano, em março, o governador recebeu o embaixador do Líbano no Brasil, Joseph Sayah, que disse esperar que o encontro fosse o início de uma forte parceria comercial e de uma amizade duradoura: “Goiás tem uma economia rica, crescente e promissora, e aqui vemos possibilidades de investimentos. Isto se deu pelo esforço do governador Marconi Perillo”, reconheceu. No início deste mês, Marconi foi ao Líbano na busca de aprimorar essa parceria.

Em abril, ele e a primeira-dama, Valéria Perillo, receberam o embaixador da Austrália no Brasil, John Richardson. Discutiram a consolidação do trabalho de prospecção de investimentos e de parcerias com a nação australiana. Já em maio, Marconi se reuniu com embaixador de Bangladesh no Brasil, Mohamed Mijarul Quayes; representantes das embaixadas de Guiné Bissau e Moçambique, e do consulado de Portugal.

À época, o embaixador afirmou que Bangladesh iniciava um ciclo de relações comerciais com o Brasil e, nesse processo, Goiás era o ponto mais importante. “Goiás é o centro da relação comercial do Brasil com outros países”, disse.

Deixe um comentário