Marconi declara apoio a PEC que estabelece cotas para mulheres

Governador garantiu que vai falar com os deputados goianos para que o projeto seja aprovado na Câmara e destacou medidas tomadas pela sua administração

| Foto: Rodrigo Cabral

Marconi afirmou que irá pessoalmente a Brasília conversar com bancada goiana | Foto: Rodrigo Cabral

A senadora Marta Suplicy esteve em Goiânia nesta quinta-feira (10/9) para o lançamento da campanha Mais Mulheres na Política. O governador Marconi Perillo aproveitou a ocasião para declarar seu apoio “incondicional” à PEC 98/2015, que estabelece cotas para mulheres em todas as esferas da administração pública.

“Vou conversar com toda a bancada de Goiás na Câmara para que este projeto seja aprovado”, disse ele. O projeto, aprovado nesta semana pelo Senado, reserva 10% das cadeiras para mulheres nas próximas eleições; 12% nas eleições seguintes; 16% nas que se seguirem. Ele garantiu que irá pessoalmente ao Congresso manifestar seu apoio.

O governador ressaltou ainda as medidas em defesa da mulher tomadas pela sua administração. Ele destacou, por exemplo, o aumento do número de delegacias especializadas no atendimento à elas. “Em 2011, quando assumi pela terceira vez o governo, existiam apenas sete delegacias de proteção à mulher. Terminei o terceiro governo com 16 delegacias. Hoje estamos com 13 em fase de implantação e vamos para 29″, destacou ele.

Outro ponto levantado por ele é o monitoramento de todos os sentenciados da Lei Maria da Penha. “Nossa Central de Inteligência e Controle da Segurança Pública tem um software que monitora os sentenciados pela Maria da Penha. Os mais de 30 agressores e as vítimas são monitorados. Há uma distância que tem de ser mantida entre agressor e vítima. Nossos policias ficam acompanhando isso”, explicou ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.