Empreendedores do setor industrial declaram apoio a Marconi

Candidato ao Senado participou de encontro na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), nesta segunda-feira (1º)

Foto: Divulgação

Em encontro na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), nesta segunda-feira (1º/10), o ex-governador de Goiás e candidato ao Senado, Marconi Perillo (PSDB), recebeu apoio de empreendedores líderes de setores da indústria no Estado. Os empresários presentes manifestaram sua preocupação com a qualidade da representatividade nas casas legislativas.

Representando o presidente da Fieg, Pedro Alves, o presidente em exercício da entidade, Wilson de Oliveira, abriu a série de manifestações de apoio a Marconi registradas durante a reunião. “Acompanho Marconi desde que ele se tornou governador pela primeira vez e agradeço a Deus a oportunidade de estar ao lado dele para agradecer tudo o que ele fez pra nós. Fui presidente da Associação Comercial de Anápolis e sei o quanto Marconi fez pela cidade, precisaria de horas pra dizer tudo o que ele nos apoiou, por isso estou com ele e o considero o melhor nome para nos representar no Senado”, afirmou.

Outro que manifestou apoio na reunião foi o vice-presidente da Fieg e presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas de Goiás, Antônio Almeida. “Marconi foi um governador destaque, eu o conheço desde criança, sei da honestidade dele, das habilidades que ele tem e do trabalho que ele fez por Goiás. Tenho certeza que o trabalho dele no Senado também vai ser de excelência, por isso estou com Marconi”, afirmou.

O presidente da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Otávio Lage Filho, que já foi prefeito de Goianésia, elogiou a sensibilidade de Marconi, principalmente em relação às pessoas mais necessitadas. “Marconi conseguiu gerar muitos empregos para Goiás, que hoje tem justiça social, por meio de programas como o Renda Cidadã, programas de moradia popular, Bolsa Universitária e criação da UEG no interior. Essa experiência tem que ser aproveitada no Senado para beneficiar nosso estado e nosso país”, disse.

Jerry Alexandre, presidente do Sindicato das Indústrias do Arroz do Estado de Goiás, disse que, além de apoiar, vai trabalhar para que Marconi seja eleito. “Não tem um sindicato ou empresário não tenha o que agradecer a Marconi. Muitos empregos que temos hoje não existiram no Estado sem o trabalho dele. Se ele está passando hoje por ataques, é porque ele se expôs e fez por Goiás”, afirmou.

O presidente da Câmara da Indústria da Construção em Goiás (CIC), Sarkis Nabi, e presidente do Sindicato das Indústrias Química no Estado de Goiás, Jaime Canedo, também afirmaram que acreditam que o peessedebista seja a melhor opção para representar Goiás no Senado.

Marconi agradeceu às manifestações de apoio e afirmou que, se eleito, vai atuar para fortalecer a legislação e as parcerias que promovam a política industrial do País. “Sempre procurei ser o guardião dos incentivos fiscais, porque entendo que o desenvolvimento econômico é o caminho, com geração de emprego e renda. Educação e emprego são os meios da verdadeira transformação da sociedade. A educação leva ao emprego e o emprego leva a mais educação”, disse o candidato ao Senado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.