Marconi comemora eleição de goiana à presidência do STJ

Laurita Vaz assume a partir de setembro o comando da segunda maior instância do Judiciário 

Montagem: STJ/Arquivo

Montagem: STJ/Arquivo

Natural de Anicuns, Goiás, a ministra Laurita Vaz foi eleita, na última quarta-feira (1º/6), presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para o biênio 2016-2018. Em nota, o governador Marconi Perillo (PSDB) reconheceu com “grande honra e satisfação” a eleição.

“A eleição da magistrada nos enche de orgulho por compartilhar nossa conterraneidade, como natural de Anicuns, e tendo sido criada em Trindade, onde estudou e se fez cidadã”, afirmou.

Para o tucano, Laurita Vaz Assume o STJ em um momento ímpar na história política e administrativa do País e tem plena certeza de que a magistrada “vai qualificar ainda mais esse encargo”.

Atualmente, a ministra é a quarta mais antiga integrante do STJ. Ela assume o cargo somente em setembro, quando termina o mandato do atual presidente, ministro Francisco Falcão.

Confira abaixo a íntegra da nota emitida pelo governador de Goiás:

Goiás reconhece com grande honra e satisfação a merecida eleição da ministra Laurita Vaz para a presidência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), segunda maior instância do Poder Judiciário do Brasil. A eleição da magistrada nos enche de orgulho por compartilhar nossa conterraneidade, como natural de Anicuns, e tendo sido criada em Trindade, onde estudou e se fez cidadã.

Laurita Vaz assume a nobre missão de presidir o STJ em um momento ímpar da história política e administrativa do Brasil, em que o Poder Judiciário se mantém equânime e imparcial na condução da apuração e do julgamento de expurgo ético – nos setores público e privado – sem precedentes em nosso País. Temos a plena certeza de que a magistrada vai qualificar ainda mais esse encargo.

Formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO) e tendo iniciado sua carreira no Ministério Público de nosso Estado, Laurita erigiu uma carreira jurídica de reconhecida competência, dedicação ao trabalho, honradez como magistrada e pessoa humana e alta qualificação. Qualidades que a credenciaram e a fazem merecedora do comando do STJ, instância responsável por qualificar nossa Justiça e aprimorar os preceitos democráticos na sociedade brasileira.

Temos de comemorar ainda o fato de Laurita Vaz ser a primeira mulher a presidir o STJ, revigorando as ações afirmativas de gênero em uma sociedade ainda, em sua maioria, conduzida por homens, especialmente nas diferentes esferas do poder público.

Sobram argumentos para enaltecer o mérito do trabalho da ilustríssima magistrada pelos relevantes serviços prestados ao judiciário goiano e brasileiro, à pesquisa e à doutrina do Direito no Brasil. A atuação de Laurita Vaz é destaque pela coragem, pelo discernimento e, acima de tudo, pela obediência às mais autênticas causas da Justiça, atributos que a fazem respeitada e merecedora da mais alta consideração.

Em nome do Governo de Goiás, registro nossos cumprimentos sinceros e nossos aplausos à presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz.

Marconi Perillo
Governador de Goiás

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.