Iquego será primeira empresa no Brasil a fabricar glicosímetros

Gestão estadual e corporação chinesa firmaram parceria inédita no País para fabricação de aparelhos que fazem o monitoramento da glicemia em pacientes diabéticos

Foto: Rodrigo Cabral

Foto: Rodrigo Cabral

O governador Marconi Perillo (PSDB) firmou, na tarde desta terça-feira (17/3), uma parceria público privada (PPP) entre a gestão estadual e a corporação chinesa HMD Biomedical e a HMD Brasil Comercial, Importadora, Exportadora e Representações para transferência de tecnologia visando a produção de glicosímetros – aparelhos que fazem o monitoramento da glicemia em pacientes diabéticos.

Com o contrato a Indústria Química do Estado de Goiás (Iquego) passa a ser a primeira empresa no Brasil a fabricar os aparelhos. A parceria durará cinco anos e permitirá à Iquego produzir glicosímetros e suas respectivas tiras para a medição da glicemia. Durante este período, a empresa goiana receberá técnicos chineses que promoverão a internacionalização da tecnologia, inclusive com investimentos na Iquego. O retorno financeiro previsto totaliza cerca de R$ 200 milhões para os próximos três anos.

“Hoje, ao assinar contrato com a HMD Biomedical, a Iquego está efetivando a primeira de uma série de Parcerias de Desenvolvimento de Produtos (PDP’s). A Parceria de Desenvolvimento de Produto, firmada entre a Iquego e a HMD Biomedical, tem a chancela do Governo de Goiás e interveniência do Ministério da Saúde”, atestou o governador durante a solenidade.

Destacando a importância dos laboratórios públicos para o país, durante a cerimônia de assinatura ocorrida nesta tarde no Palácio Pedro Ludovico, a presidente da Iquego, Andréa Vecci explicou que a parceria não terá custos financeiros para o governo estadual.

“A vantagem é oferecer à empresa privada a entrada no mercado público, porque nós temos o mercado aberto aos laboratórios públicos. Nós podemos vender para qualquer ente público sem passar por processo licitatório. A empresa ganha o mercado público e agora vai ganhar também o mercado privado. Para o Estado nada custa, só agrega. Isso é uma grande vantagem”, garante.

Com a parceria firmada, o laboratório goiano passa a ser pioneiro na fabricação deste item no Brasil. Atualmente, todos os glicosímetros comercializados no país são importados. O modelo de transferência de tecnologia entre laboratórios públicos e privados foi criado pelo Ministério Público e, no caso da parceria com a empresa chinesa, garantirá à Iquego a comercialização por dois anos do produto produzido pela HMD. A partir do terceiro ano de contrato, o laboratório goiano passará a também produzir o glicosímetro.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Sergio

Como está este projeto nos dias de hoje? Alguém tem alguma informação? Grato.