Marconi anuncia ampliação do Passe Livre Estudantil para todo o Estado

Ao comemorar um ano da vigência do projeto na região metropolitana de Goiânia, governador reeleito assina Ordem de Serviço para estendê-lo a todo o Estado

Foto: Wagnas Cabral

Foto: Wagnas Cabral

Em ato que comemorou o primeiro ano de vigência do Passe Livre Estudantil na região metropolitana de Goiânia, ocorrido na tarde desta segunda-feira (1º/12), no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o governador Marconi Perillo assinou Ordem de Serviço que determina à Secretaria de Governo providências para a apresentação, no prazo de 90 dias, de estudos visando a ampliação do programa a outras cidades do Estado.

A intenção do governo é estender o programa para a cidade de Anápolis, municípios do Entorno do Distrito Federal, Rio Verde, Catalão, Itumbiara e outras cidades que possuam linhas regulares do transporte coletivo urbano. A extensão do programa a todo o Estado será feita de forma gradual, daí a solicitação, por parte do governador, dos estudos necessários para se aquilatar o impacto financeiro e as fontes dos recursos que irão custear o programa.

“Este não é apenas um gesto ousado desta administração, nem tampouco apenas o cumprimento de um compromisso eleitoral firmado em 2010. Muito mais do que isso, é o resgate de uma demanda e de um direito de alunos e alunas que reivindicam este projeto há muitos anos. Representa a simbologia da praticidade de ações do governo que precisam sair do discurso, da promessa, para a prática, para o pragmatismo, para funcionar efetivamente em favor das pessoas”, declarou o governador em discurso.

Marconi reafirmou seu propósito de continuar a manter um ritmo administrativo que visa o cumprimento dos compromissos assumidos em períodos eleitorais ao mesmo tempo em que prioriza a qualidade dos serviços prestados à população. “Todo cuidado que temos tido nesse tempo todo à frente do governo, tem sido no sentido de não apenas resgatar compromissos, mas muito mais do que isso, definir políticas públicas que tenham qualidade, que sejam duradouras e efetivas. Essa é uma marca que nós estamos imprimindo e vamos continuar perseguindo”, salientou.

Presente

O presidente da Metrobus, Padre Ferreira, entregou ao governador uma réplica dos ônibus articulados que estão sendo destinados pelo Estado para reforçar o Eixo Anhanguera, que teve sua extensão ampliada neste segundo semestre do ano visando atender os usuários de Trindade, Senador Canedo e Goianira. O Governo do Estado está adquirindo 50 ônibus, 39 deles já entregues. “Estamos resgatando o compromisso de colocar ônibus novos no Eixo Anhanguera, de construirmos abrigos e terminais novos para dar dignidade e qualidade a quem precisa do transporte público”, destacou Marconi.

O governador lembrou também que na semana passada tomou a decisão de garantir a fonte definitiva que irá custear a metade da gratuidade das passagens, que antes onerava o bolso dos usuários. “O governo – acrescentou – vai assumir a metade do custo da passagem com o compromisso de que as Prefeituras da região metropolitana assumam a outra metade, garantindo uma fonte permanente para a manutenção do programa do Passe Livre Estudantil”.

Marconi fez questão de ressaltar que o assunto começou na ser discutido bem antes das manifestações estudantis em defesa do passe livre ocorridas no ano passado. “Felizmente nós já tivemos a oportunidade de dar respostas concretas e definitivas a toda a população do nosso estado. Nos próximos quatro anos fica garantido o funcionamento do passe livre estudantil na região metropolitana”, garantiu.

Na mesma solenidade, assinou decreto que cria o Grupo de Trabalho para instituição, implantação e implementação do programa Goiás Sem Fronteiras. O programa tem como objetivo financiar bolsas de estudos a jovens no exterior.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Charles Alves Bento

Já faz 6 meses que o governo prometeu subsidiar metade dos passe livre da grande Goiânia . Até hoje nem um centavo ….