Marconi afirma que pode concorrer à presidência do PSDB: “Não vou ficar omisso”

Governador disse que ainda não sabe se disputará cargo eletivo em 2018

Indagado sobre projeto político para 2018, o governador Marconi Perillo (PSDB) disse que ainda não sabe se disputará cargo eletivo, mas que pretende andar o País e auxiliar o PSDB a formular um projeto para o Brasil que o partido acredita.

“Em relação ao meu projeto, ainda não há definição. Eu pretendo continuar andando o país, visitando outros estados, outras cidades, conversando com militantes do PSDB nos momentos em que for possível, fora do horário de trabalho. E no futuro um dos meus desejos é percorrer o Brasil, conversar com o meu partido, ajudar a formular um projeto para o País que queremos, que acreditamos”, afirmou.

Ele disse que poderá, futuramente, pleitear a presidência do PSDB. “Não sei se serei candidato, talvez nem seja. Mas uma coisa é certa: não vou ficar omisso, e vou procurar colaborar com o meu partido.”

“Pode ser que lá na frente eu me candidate à presidência nacional do PSDB. Já estou no partido há mais de 21 anos. Já exerci seis mandatos pelo PSDB, cinco majoritários. Então é possível que um dos meus projetos seja o de lá na frente procurar estar na direção nacional do partido, e outros projetos eleitorais virão na hora certa. Hoje estou completamente comprometido com a superação da crise econômica”, declarou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.