Márcio Cândido trocou o União Brasil pelo PSC

O vice-prefeito de Anápolis deve concorrer a uma das 17 cadeiras disponíveis para a Câmara dos Deputados pelo Estado e também é cotado para a Assembleia Legislativa, no entanto o político não deve enfrentar a primeira-dama, Vivian Naves (Progressistas)

Na base da primeira-dama de Anápolis, Vivian Naves (Progressistas), o vice-prefeito, Márcio Cândido, trocou o União Brasil pelo PSC, a princípio, para concorrer a uma das 17 cadeiras disponíveis para a Câmara dos Deputados nas eleições deste ano pela sigla que é dirigida pelo presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Eurípedes do Carmo, e tem o senador Luiz do Carmo (PSC) como pré-candidato à reeleição. O político é um dos “vice-prefeitos” que devem ir às urnas neste pleito e também é ligado a igreja Assembleia de Deus.  

De acordo com o presidente do partido, Márcio Cândido se filiou ao PSC com o intuito de que a sigla o lance para concorrer a uma cadeira na Câmara Federal, porque não deve enfrentar a primeira-dama no pleito, mas todas as definições, segundo ele, “ficam para o período de convenções partidárias”, que se abre no dia 20 de julho e se encerra no dia 5 de agosto. A política é pré-candidata a uma das 41 cadeiras disponíveis para a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).  

“A princípio ele [Márcio] se filiou para concorrer a deputado federal pela sigla, ele não deve disputar o cargo de estadual porque é aliado do prefeito Roberto Naves [Progressistas], e deve compor a chapa de postulantes a deputado federal, que conta com um bom número e conta com um grupo muito bom para ir forte para às eleições”, complementa Eurípedes do Carmo.  

Uma resposta para “Márcio Cândido trocou o União Brasil pelo PSC”

  1. Ótimo candidato tem feito um ótimo trabalho como vice de Roberto Naves, eu apoio, a assembleia legislativa vai ganhar e muito se for eleito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.