Manutenção de ambulâncias em Goiânia pode ser alvo de investigação do MP

Delegado Eduardo Prado afirma ter documentos que comprovam sucateamento de veículos e demora no atendimento de pacientes

Vereador Delegado Eduardo Prado (PV) | Foto: Divulgação / Agência Câmara

O vereador Delegado Eduardo Prado (PV) deve ir ao Ministério Público de Goiás nesta sexta-feira (29/6) apresentar representação para que o órgão investigue a situação da manutenção de ambulâncias no município de Goiânia.

De acordo com Prado, além da frota não atender à demanda, os condutores das ambulâncias estão correndo sérios riscos devido à falta de mínimas condições de trafegabilidade. “Recebi denúncias de pacientes que esperaram mais de três horas até a ambulância chegar. Sabemos que essa demora no atendimento pode causar a morte do cidadão. Isso é muito grave”, afirma Prado.

Entre problemas constatados estão desde transporte de pacientes sem acompanhamento profissional, até veículos com pneus carecas, sem sinalizadores ópticos e sonoros e freios com problemas

Com base em documentos encaminhados pelos motoristas das ambulâncias, por meio do Sindicato dos Condutores de Ambulâncias do Estado de Goiás (SINDCONAM-GO), carros sucateados são utilizados para atendimento, com pneus no arame e sem condições mecânicas de uso. “Estão colocando em risco a vida do servidor, pacientes e acompanhantes. Não podemos admitir esse descaso da Secretaria de Saúde”, afirma Eduardo Prado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.