Manifestantes fecham rua em protesto contra Eduardo Machado do PHS

De acordo com PM, manifestação foi pacífica e não causou transtornos. Via já foi liberada

foto: Divulgação

Uma das ruas que contorna a Praça Cívica, em Goiânia, foi parcialmente fechada por manifestantes na tarde desta terça-feira (6/6).

O pequeno protesto, formado por integrantes e funcionários da sede do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), pedia a saída de Eduardo Machado da presidência nacional da sigla.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o protesto foi pacífico e não foi registrada nenhuma ocorrência. Por volta das 18h a via foi liberada.

O Jornal Opção entrou em contato com a sede do PHS em Goiânia, mas todos estavam em reunião e não podiam comentar o caso.

Imbróglio

Desde o começo de maio, o PHS está em atrito por conta do cargo de presidente nacional do partido.

Eduardo Machado chegou a ser afastado por não estar filiado, mas, após regularização, voltou à presidência.

Depois disso, membros do partido tentam afastá-lo definitivamente, alegando crime de acúmulo de salário e perda de sustentação política interna.

Enquanto dirigentes estaduais, parlamentares e demais membros da Executiva Nacional do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) de 26 Estados defendem o afastamento, Eduardo Machado diz que está sofrendo “um golpe”.

 

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.