Manifestantes dançam quadrilha para deputado do PT

Vander Loubet comia em um café em Campo Grande quando foi surpreendido pelo grupo de pessoas, que fez versão inusitada da tradicional dança de festas juninas

| Foto: Gilberto Nascimento/ Câmara dos Deputados

Loubet é alvo de investigação por esquema de corrupção e lavagem de dinheiro | Foto: Gilberto Nascimento/ Câmara dos Deputados

Denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o deputado federal Vander Loubet, do PT de Mato Grosso do Sul, passou por um grande constrangimento enquanto estava em um café em Campo Grande. Um grupo de manifestantes o identificou no local e começou a dançar quadrilha em volta de sua mesa.

Em vez dos tradicionais “Olha a cobra!” e “Olha a chuva!” entoados durante as quadrilhas, os manifestantes gritavam “Olha o Lula!”, “Olha a Dilma!” e “Olha a Polícia Federal!”, em referência às investigações da Operação Lava Jato. Loubet permaneceu sentado, rindo da situação até que a dança acabasse. Ele ainda não se manifestou sobre o caso.

O vídeo foi divulgado pelo portal O Antagonista, nesta terça-feira (9/2), que definiu Loubet como “Parceiro de negociatas do senador Delcídio Amaral e do empresário José Carlos Bumlai” e “Homem forte do PT”.

No total, Loubet acumula 99 acusações de lavagem de dinheiro e onze de corrupção passiva, além de supostamente ter recebido mais de R$ 1 milhão em propina proveniente de um esquema presidido por ele BR Distribuidora, subsidiária da Petrobrás.

Ao denunciá-lo, Janot também pediu que ele perdesse o cargo, tivesse bens confiscados até R$ 1.028 milhão e que ele fosse condenado penalmente. Como é deputado, Loubet é julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

Confira o vídeo da quadrilha:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.