Manifestantes conseguem acordo com prefeito da capital e liberam parte da BR-153

Ato de manifestação que começou na manhã desta segunda-feira, 15, visa a derrubada do decreto de restrição de atividades pelos próximos 14 dias

Trabalhadores dos mais diversos segmentos da capital se organizaram em um ato que reivindica a derrubada do decreto que endurece as medidas restritivas em Goiânia por mais 14 dias. Os manifestantes bloquearam o tráfego de veículos no perímetro urbano da BR-153, causando um congestionamento de cerca de 16 quilômetros no local.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), após mais de 3 horas de negociação, os manifestantes resolveram liberar uma faixa em cada sentido da rodovia, fazendo com que o trânsito voltasse a fluir lentamente.

Os envolvidos no ato conseguiram marcar uma audiência com o prefeito da cidade, Rogério Cruz (Republicanos) e estão sendo acompanhados neste momento ao Paço Municipal pelo vereador Cabo Senna e pelo Comandante do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos (BEPE). 

Pelo menos três jornalistas foram agredidos ou ameaçados durante o ato. O repórter da TV Serra Dourada, Maycon Leão, que sofreu ameaças por estar cobrindo o evento. Os fotógrafos Jucimar Sousa, do portal Mais Goiás, e Fábio Lima, do Jornal O Popular, também relatam que sofreram ameaças e precisaram ser escoltados pela Polícia Rodoviária Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.