Mangueira garante 20º título no carnaval carioca

Escola de samba trouxe história alternativa, do ponto de vista de heróis negros e índios

Foto: Tomaz Silva / Agência Brasi

Francisco Costa

Apontada como favorita, a Mangueira não decepcionou os fãs e venceu o carnaval 2019 do Rio de Janeiro. Com o resultado, a escola de samba chega ao seu 20º títuilo. Foram notas máximas em todos os quesitos.

Mas nem tudo é festa. As escolas Imperatriz Leopoldinense e a Império Serrano foram rebaixadas.

Samba-enredo

No samba-enredo, “História pra ninar gente grande”, a escola apresentou uma aula de história com destaque para heróis negros e índios, em vez dos personagens tradicionais. O tema foi assinado por Leandro Vieira e teve participação de 24 alas e cinco alegorias, no desfile.

Dentre os destaques, a Mangueira citou a Marielle Franco, vereadora do PSOL morta a tiros em março do ano passado, ao lado de seu motorista, Anderson Gomes. Também foi apresentado um carro alegórico que era uma releitura do Monumento às Banderias, em São Paulo, manchado de sangue para explicitar a truculência dos bandeirantes na exploração do Brasil. E, ainda, destaque às rebeliões e fugas de escravos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.